Ludmilla
Ludmilla realiza o próprio culto em casa (Imagem: Reprodução / Instagram)

Ludmilla surpreendeu os seguidores ao divulgar imagens de um culto evangélico, promovido por ela mesma, em sua própria casa.

Trata-se de uma célula, encontro entre um pequeno grupo de pessoas, que forma o Corpo de Cristo, e a reunião contou com a presença de alguns famosos.

Foi o caso de Whindersson Nunes, que cantou a música Girassol, e de Lorena Improta, que aceitou Jesus há algum tempo.

Estiveram ainda sua mãe, Silvana Oliveira, e Brunna Gonçalves, esposa de Lud, com quem está prestes a completar um mês de casada.

Ludmilla teria adotado a prática após marcar presença em uma célula promovida por Bruna Marquezine, que, por sua vez, foi inspirada por Priscilla Alcântara.

Dessa forma, a cada encontro, mais famosos trazem novos convidados e acabam promovendo novas células.

Confira o vídeo:

Imagem de Ludmilla é usada por traficantes

A imagem de Ludmilla está sendo usada sem autorização em malotes de maconha, cujas embalagens contam com a foto de divulgação do clipe da música Verdinha.

O hit refere-se a uma plantação de alface, em seu sentido literal, porém, o duplo sentido acaba fazendo com que o público faça uma analogia com a droga ilícita.

De acordo com a colunista Fábia Oliveira, a foto recebida mostra os pacotes que são comercializados por traficantes na Cidade de Deus, Zona Oeste do Rio.

Cada pacote custa R$ 35 e a droga que contém em cada um deles é descrita como “A Braba”. Até o momento, Ludmilla não se pronunciou sobre o assunto.

A cantora chegou a ser alvo do deputado cabo Junio Amaral, do PSL-MG, que a acusa de fazer apologia às drogas, mas Lud alegou que a música fala apenas sobre alface.

Ludmilla
Traficantes estampam rosto de Ludmilla em droga (Imagem: Fábia Oliveira / Reprodução)

Você está ficando de fora...

Não perca nada!

Saiba tudo o que está em alta no Instagram dos Famosos.

SIGA AGORA