Luiza Brunet dá detalhes de agressão que sofreu durante relacionamento

Luiza Brunet
Luiza Brunet relembra episódio de violência doméstica (Imagem: Reprodução / Instagram)

Luiza Brunet foi uma das convidadas recentes da nova temporada do #Provoca, apresentado por Marcelo Tas, na TV Cultura. Durante o bate-papo, que vai ao ar nesta terça-feira (9), a atriz abriu o jogo sobre as violências físicas que sofreu no relacionamento com o empresário Líro Parisotto.

Eu comecei a revisitar minha própria história e ver que de fato eu não estava sendo bem tratada, eu estava sendo violada, eu estava sendo explorada e agredida”, contou.

Atuante na defesa dos direitos da mulher, a famosa ainda reforçou que não tinha porque suportar aquele tipo de tratamento e ressaltou que a última agressão foi muito grave.

Com quatro costelas fraturadas e escoriações pelo corpo, Luiza, que estava em Nova York quando tudo aconteceu, pôs um fim no relacionamento e voltou para o Brasil.

Eu me lembro de ter pego a mala e sair fingindo que estava tudo bem pra que ninguém percebesse. (…) Eu acho que é muito importante a mulher revisitar a sua história pra ver se ela suporta mais, porque o nível de agressão, quanto mais ele cresce, ele chega ao feminicídio”, relembrou.

Após fazer a denúncia, a informação começou a circular na imprensa. Com isso, Brunet confidenciou que ficou muito assustada com a repercussão, inclusive começou a receber inúmeras ligações e declarações de mulher que afirmavam que a situação era inventada.

Hoje eu vejo que essas mulheres talvez sofram violência e não perceberam ainda. Então eu perdoo essas mulheres, porque elas me tornaram a mulher que eu sou hoje”, acrescentou. Quatro anos passados do ocorrido, Lírio Parisotto foi condenado em última instância pelo STF.

Numa live recente, a musa ainda reforçou que o descaso de algumas pessoas com as denúncias acabam fazendo com que muitas mulheres pensem em retroceder:

Você adquire doenças por conta dessa fragilidade de ser exposta, de você contar uma desgraça que aconteceu na sua vida para a sociedade, para mostrar que a violência está em todas as classes. E você sofrer coação, julgamento, tanto da parte de quem te faz mal quanto da sociedade. Você fica com a vontade de retroceder”.

No programa, além de violência doméstica, Luiza ainda fala sobre outros temas como feminismo, o papel do homem e como fica a mente no momento das agressões. Na oportunidade, ela ainda finalizou falando sobre sexo casual.

Elson BarbosaElson Barbosa
Jornalista, especialista em Comunicação Organizacional, apaixonado por café, crônicas e um bom papo. Encantado pelo entretenimento e pela possibilidade de contar e conhecer várias histórias ao mesmo tempo.
Veja mais ›