Lula
Lula concorda com Bolsonaro e faz críticas à imprensa (Imagem: Reprodução / G1)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) decidiu endossar algumas das críticas feitas por Jair Bolsonaro (sem partido) à imprensa. As declarações sobre a cobertura jornalista foram dadas em entrevista ao jornal Folha de São Paulo.

“Acho que tem crítica que ele (Bolsonaro) faz que é correta. Dê a ele o mesmo direito que dá aos outros, direito de falar, abra para ele falar”, afirmou o petista, que também não deixou de criticar o atual mandatário.

“Não acho que é correto um presidente da República se comunicar pelo seu Twitter, um presidente da República tem a obrigação de prestar contas à democracia, atendendo a imprensa”, defendeu o político.

“Não aquele cafezinho formal, em que tem um general como porta-voz, que é tudo quase militarizado. Mais do que no tempo dos militares. Marca uma entrevista livre com a imprensa e deixa a imprensa perguntar!”, acrescentou Lula.

O petista ainda chegou a citar o nazismo ao criticar a Globo e a cobertura da emissora sobre o portal de notícias Intercept. “O que a Globo está fazendo com o Intercept, era capaz que o nazismo não fizesse”, declarou.

Lula também alegou incorretamente que a emissora citou o site Intercept apenas em duas ocasiões: quando o portal revelou que Fausto Silva havia dado conselhos a Sérgio Moro e quando reportagens citaram o nome do jornalista Roberto D’Ávila.

Na verdade, o canal repercute as denúncias do portal desde junho do ano passado, na ocasião da primeira reportagem do caso conhecido como Vaza Jato.

Você está ficando de fora...

Não perca nada!

Saiba tudo o que está em alta no Instagram dos Famosos.

SIGA AGORA