Mãe de Eliza Samúdio detona a Globo após série sobre a filha ser cogitada

Eliza Samúdio
História de Eliza Samúdio pode virar série na Globo (Imagem: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

A possível produção da série sobre o caso entre o goleiro Bruno e Eliza Samúdio ganhou um novo capítulo. Sônia Moura, mãe da mulher assassinada por comparsas do ex-atleta do Flamengo se manifestou pela primeira vez e foi contra a intenção da Globo em produzir a história.

Em entrevista para Márcia Goldschmidt, durante uma live no Instagram, a senhora citou o filho de Eliza. “A única forma que meu neto tem de ver a mãe é por fotos, porque ele não tem ela por perto. É através de foto que ele pode ver a mãe dele, porque chega aniversário dele, chega aniversário dela, que é logo depois dele, não tem a mãe”, argumentou.

“Ele não sabe como era o cheiro da mãe dele, a voz da mãe dele, ele teve muito pouco tempo de vida com a mãe dele. Aí vem a Globo fazer essa minissérie?”, continuou, indignada com a postura da emissora.

Em seguida, ela garantiu que a produção não será autorizada. “Não autorizo. Ninguém tá pensando no filho dela que vai completar 10 anos. Vai ter a transição pra adolescência, que não é uma coisa fácil”, ponderou.

A polêmica veio à tona quando a Globo comprou os diretos do livro baseado na história que chocou o país, Indefensável – O Goleiro Bruno e a História da Morte de Eliza Samúdio. “O livro retrata a Eliza como uma garota de programa, uma Maria chuteira, que ela se envolveu com o Bruno pelo fato de ter uma gorda pensão”, ressaltou Sônia.

Série sobre Eliza Samúdio na Globo deixa Glória Perez irritada

Glória Perez usou a sua conta do Twitter para protestar contra a Globo. Funcionária da emissora há décadas, a autora de novelas questionou a decisão do canal em produzir uma série contando a história de Eliza Samúdio, morta pelo ex-goleiro do Flamengo, Bruno Fernandes.

Na rede social, Glória reagiu indignada a uma publicação que tratava sobre o planejamento do canal carioca em gravar uma produção baseada na história, ocorrida em 2010 em Vespasiano, Minas Gerais.

“Oi????? Só pode ser piada! E de mau gosto!”, tuitou ao compartilhar uma matéria sobre o tema. Vários usuários reagiram de maneira dividida à surpresa de Glória, que até o ano passado atuou como supervisora de autores na Vênus Platinada.

“O goleiro foi preso por conta da Rede Globo, não estou aqui julgando se ele é ou não culpado, mas que existe sim perseguição clara ao Bruno para manter audiência isso é claro e evidente! Perante a lei o mesmo cumpriu sua pena, justo ou não”, afirmou um deles.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.