Maisa Silva fala sobre o Teleton digital, maioridade e diz que só sairia arrastada

SBT
Maisa Silva é madrinha digital do Teleton (Imagem: Divulgação / SBT)

Maisa Silva, madrinha digital do Teleton, abriu o coração para trazer à tona as novidades da campanha de arrecadação para a AACD este ano.

Este ano, eu me deparei com este cenário que estamos vivendo, uma das minhas maiores preocupações foi com a AACD. Eu tive o privilégio de ficar na minha casa e proteger minha família e pessoas próximas a mim, mas e os pacientes da AACD que precisam dos tratamentos e dos profissionais que estão se dedicando? Tudo isso fica passando na minha cabeça”, disse a apresentadora.

Maisa falou sobre seus 18 anos e comentou sobre não poder fazer uma festa de aniversário para celebrar. “Eu fiz 18 anos este ano, mas não pude fazer uma festa de aniversário, como muita gente estava esperando e estava nos meus planos, mas eu fiz uma live, pois me incentivaram a comemorar com todos, então eu pensei que as pessoas poderiam ajudar à AACD”, contou.

A jovem ainda revelou que sentiu uma mobilização de jovens para ajudarem à campanha. “Eu vi uma mobilização que me deixou muito otimista de jovens e de marcas que já ajudaram muito, que mesmo sendo pequenas, significou muito pra mim naquele momento, pois eu sabia que enfrentaríamos uma dificuldade grande que é o distanciamento”, analisou.

Silva pediu para que as pessoas que usam as redes sociais, e divulguem o Teleton para aumentar a arrecadação. “Estamos resinificando tudo este ano, então, conto com todos ajudem a divulgar esta ação tão importante”, destacou Maisa, que também falou sobre a conscientização das pessoas.

Este ano, o Teleton vai levantar a bandeira do “capacitismo”, que é a discriminação ou o preconceito com as pessoas que têm algum tipo de deficiência.

Um Teleton mais digital

Maisa Silva revelou alguns segredinhos da maratona virtual que comandará no streaming do SBT. “Teremos 12 horas de live nos canais de YouTube e Facebook da AACD e do Teleton”, disse.

“Dia 7 de novembro, teremos uma live apresentada por amigos meus como Yudi Tamashiro, Priscila Alcântara, Boca Rosa, Ratinho, Danilo Gentili e Ana Paula Renault, que ajudarão a pedir doações aos seus seguidores. Além disso, a live será transmitida no canal 500 da Claro, que é parceira da AACD”, contou.

Maisa ainda comentou que nesta sexta-feira (6) haverá uma novidade no Teleton com a turma do isports. “Haverá, a partir das 19 horas, a galera do isports virtuais com gamers famosos e influencers ajudando nesta liga do bem”, destacou.

O Teleton 2020 acontece neste sábado (7), das 10h30 às 22h30, e vai aproveitar para fazer eventos em formato de live com artistas. No palco da atração alguns apresentadores se revezarão no comando do programa, porém, de forma reduzida.

Saída do SBT

A apresentadora também falou sobre a sua saída do SBT após o término do contrato. Maisa disse que está deixando as portas abertas para um futuro próximo. “Eu acho muito importante continuar com as portas abertas sempre. É um até logo. Eu tenho aqui uma família que me acolhe e aqui sempre vai ser uma família e aqui sempre vai ser o meu lar onde eu estiver e independente da minha idade”, afirmou.

Sobre ser madrinha digital, a jovem destacou que jamais abandonaria a causa. “Sobre o Teleton, eu jamais [abandonaria a campanha]. Eles teriam que me desligar, assim, forçada do Teleton. Eu teria que sair arrastada e eu voltaria disfarçada, como voluntária, pra ninguém saber quem era eu”, brincou.

Reuber DiirrReuber Diirr
Reuber Diirr é formado em jornalismo pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Com passagens pela Record News ES e TV Gazeta (Globo/ES), é apaixonado por televisão e acompanha as coletivas de imprensa com matérias exclusivas em vídeos com os artistas para o RD1. Além disso, produz conteúdo multimídia com as principais informações dos famosos para o Instagram, Twitter, Facebook e Youtube do RD1. Acompanhe os eventos com famosos clique aqui!
Veja mais ›