Maitê Proença rebate críticas por fala sobre Adriana Calcanhotto e revela acusação

Maitê Proença
Maitê Proença rebate críticas por comentário polêmico (Imagem: Reprodução / Globo)

Maitê Proença decidiu se pronunciar sobre uma fala polêmica que deu nesta semana. Em entrevista à revista JP, a atriz disse que preferia que a namorada, Adriana Calcanhotto, fosse homem.

publicidade

Inclusive, na própria publicação, a artista afirmou que sabia que a declaração poderia ser alvo de críticas. Dito e feito. “Eu dei uma entrevista em que eu fui perguntada sobre o meu relacionamento atual e eu respondi que, apesar de preferir homens, eu estou com uma mulher”, lembrou ela, no Instagram.

“Por que gosto dela, gosto daquela pessoa. Se ela fosse um homem seria mais fácil para mim, mais conhecido. Mas, por gostar, eu topo fazer essa experiência”, disparou a veterana.

publicidade

Veja Também

Maitê Proença, então, concluiu: “Fui acusada de lesbofóbica. Agora, estar num relacionamento com uma mulher me parece que fala mais alto do que os comentários do que caçam polêmicas onde não há. O que eu disse está claro, e, se lido na íntegra e sem má vontade, é elogioso com a minha parceira”.

A atriz e Adriana Calcanhotto, cabe lembrar, tornaram público o namoro no início deste ano. Ao abordar o relacionamento, a atriz afirmou que sua vida sexual hoje, aos 64, está mais “bem resolvida”, além de se sentir “mais livre”.

publicidade

Maitê Proença diz que queria que Adriana Calcanhotto fosse um homem

A polêmica teve início quando a artista disse que sempre preferiu se relacionar com pessoas do sexo oposto, mas que se apaixonou por Adriana. As duas estão juntos há pouco mais de um ano.

“Eu queria que ela (Adriana) fosse homem. Para essa atividade sempre gostei mais de homem. Mas ela é mulher, gosto dela e aceito isso. Sei que as feministas e os LGBTs não vão gostar do que acabei de dizer, mas, honestamente, é assim, entendeu? Posso experimentar algo diferente para estar com ela”, disse Proença.

Nas redes sociais, a declaração de Maitê causou polêmica entre os internautas. Alguns não entenderam o que a atriz quis dizer ou passar para o público, já outros apontaram que a fala da atriz foi pelo medo de amar outra mulher também sendo uma.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

No Twitter, uma internauta disparou: “Maite Proença dizer que queria que a Adriana Calcanhotto fosse um homem só mostra o quão desafiador é ser uma mulher que ama outras mulheres. Não tem homem envolvido a pessoa entra em pane”.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Luiz Fábio AlmeidaLuiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email luizfabio@rd1.com.br