Maju Coutinho reage contra atitude de Bolsonaro e o chama de “descontrolado” na Globo

Maju Coutinho
Maju Coutinho reage contra grosseria de Bolsonaro à imprensa (Imagem: Reprodução – Globo – CNN Brasil/ Montagem – RD1)

Maju Coutinho desabafou sobre mais um ataque que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) fez contra a imprensa. No Jornal Hoje, da Globo, desta sexta-feira (25), a âncora classificou o político como “descontrolado”.

Durante a coletiva à imprensa no interior de São Paulo, feita sem máscara, o presidente da República gritou e demonstrou grosseria com as repórteres Victoria Abel, da rádio CBN, e Adriana de Luca, da CNN Brasil.

“O presidente Jair Bolsonaro voltou a insultar a imprensa hoje (25), em viagem a Sorocaba, no interior de São Paulo. Novamente descontrolado, Bolsonaro disse para a jornalista Victoria Abel, da rádio CBN, voltar para a faculdade, depois para o Ensino Médio, em seguida para o Jardim de Infância e aí nascer de novo”, disse a apresentadora da Globo.

A âncora do JH ainda informou: “O presidente também disse para os repórteres pararem de fazer perguntas idiotas e se defendeu das acusações de corrupção na negociação de compra da Covaxin, dizendo que a vacina não foi comprada e que havia um erro no documento apresentado pelo servidor do Ministério da Saúde”.

Em seguida, o noticioso da emissora carioca exibiu uma declaração de Bolsonaro sobre o caso. Maju Coutinho também leu uma nota da CBN sobre o caso:

“A CBN repudiou o comportamento agressivo e insultuoso do presidente Jair Bolsonaro com a repórter Victoria Abel. Disse que não foi a repórter que faltou com educação nesse episódio e afirmou que se solidariza com Victoria Abel, que, assim como todos os jornalistas da rádio, vai continuar a fazer o seu trabalho para informar os brasileiros”.

Na manhã de hoje, a repórter da CNN Brasil Adriana de Luca perguntou sobre a negociação pelos imunizantes. O presidente rebateu. “Responda! Responda! Comprada quando?”, declarou ele, repetindo diversas vezes, até ouvir o mês de fevereiro como resposta.

“Fevereiro? Onde tem vacina aqui para atender o mercado inteiro? Responda! Responda! Onde tem vacina pra ser vendida? Parem de fazer perguntas idiotas, pelo amor de Deus. Parece pergunta de…”, prosseguiu o presidente.

Victoria Abel, da rádio CBN, logo foi insultada pelo político ao tentar fazer pergunta. “Você passou a sua vez já, nasça de novo você. Ridículo, ridículo! Você é empregada de onde? Pelo amor de Deus, tá. Vamos fazer perguntas inteligentes, pessoal. A gente quer salvar vidas”, falou ele.

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email [email protected]
Veja mais ›