Marcelo D2 questiona inteligência do brasileiro após mentiras de Bolsonaro

Marcelo D2
Marcelo D2 faz desabafo após live de Jair Bolsonaro (Imagem: Reprodução – Instagram – SBT / Montagem – RD1)

Anti-Bolsonaro, Marcelo D2 questionou a inteligência do brasileiro após a live polêmica do presidente da República transmitida na noite da última quinta-feira (29). O músico disse que o “povo brasileiro deve ser muito otário para ser enganado por uma anta”.

O artista soltou o verbo contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) durante a repercussão da transmissão feita pelo político nas redes sociais e na TV Brasil. Após anos alegando fraude eleitoral na eleição de 2018, ele admitiu que não tinha provas do crime.

“Não temos provas, vou deixar bem claro, mas indícios que eleições para senadores e deputados podem ocorrer a mesma coisa. Por que não?”, questionou na live no Palácio do Planalto. “Os que me acusam de não apresentar provas, eu devolvo a acusação. Apresente provas de que ele não é fraudável”, exigiu.

“Mano a gente, o povo brasileiro, deve ser muito otário mesmo para ser enganado por uma anta como o Bolsonaro e a sua família. Meu Deus, esse cara é muito burro”, disparou D2 no Twitter.

A web reagiu ao comentário feito pelo músico. “Não, o povo brasileiro não é otário. O povo brasileiro, em boa parte, é ignorante, e não sabe medir a gravidade de tudo que acontece. À menos que sejam atingidas diretamente, as pessoas não buscam saber ou não se importam”, rebateu um seguidor.

“Mano, a gente, o povo brasileiro, se achava tão esperto a ponto de não perceber o tantão [sic] de fascistas nas próprias famílias e amizades”, analisou outro. “Eu não fui enganada. Se enganaram e me ferraram nessa”, pontuou uma terceira. “Talvez, lá no início… Acho que quem apoia agora é igualmente escroto quanto o cabal que cerca o jumentonaro [sic]”, atacou mais um.

 

Confira:

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›