Marcos Caruso pede desculpas por cena de Mulheres Apaixonadas

Marcos Caruso
Marcos Caruso revelou cena icônica de Mulheres Apaixonadas (Imagem: Reprodução – Instagram – Globo / Montagem)

Marcos Caruso resolveu abrir o baú de memórias e conversou com Teresa Cristina sobre os bastidores da novela Mulheres Apaixonadas (2013), que está de volta ao Canal Viva.

O ator, que deu vida ao personagem Carlão, era pai de Dóris, vivida por Regiane Alves, que maltratava os avós. Na trama, Dóris apanha do pai em uma cena para lá de emblemática para a novela na época.

Nós gravamos a cena do cinto de uma vez só. Eu pegava, botava ela na cama, e foram 12 cintadas. Só que o cinto que foi usado era cenográfico, de feltro, como se fosse isso, para não machucar a atriz, obviamente”, revelou.

Fomos para casa e, na noite da gravação, recebi uma ligação do Ricardo Waddington, que era o diretor da novela, que disse: ‘Caruso, nós vamos ter que regravar a cena’. Eu disse: ‘Não, pelo amor de Deus’. Não tem jeito, ficou falso. Cada vez que levantava o cinto, o cinto fazia assim (torto), ficava mole, então não dava a verossimilhança. Vamos ter que fazer de novo com cinto de verdade, de couro“, emendou Marcos Caruso.

Ainda no relato de Marcos Caruso, os artistas retornaram ao estúdio no dia posterior e colocaram Regiane Alves em uma posição em que o cinto não pegasse nela. Porém, no último golpe, o resultado não foi bem o esperado.

“Ficou uma marca vermelha, que acho que a Regiane tem até hoje essa marca. Foi um horror. Foi a última cintada, ela deu um grito. Tá no ar isso!“, revelou o ator.

“Acabou a cena, nós nos abraçamos. A Regiane chorava, mas chorava de dor, e eu chorava pela dor dela e por ter dado uma cintada nela sem querer, mas dei. Fazer o que? Então, a cena que vocês vão ver é com cinto de verdade”, disse. “Até hoje peço desculpas, estou há 17 anos pedindo desculpas para Regiane pela cintada que eu dei”, completou.

“O grande mérito de tudo é do grande Manoel Carlos. Ele escreveu de uma maneira que o público pedia a surra, pedia o tapa. O público falava: ‘Pelo amor de Deus, dá um corretivo nessa menina. Dá um corretivo na Dóris, ela não pode agredir os avós, como agredia o pai e a mãe’. Ele é um grande construtor de personagens”, disse Caruso sobre a construção da cena.

“E o interessante é que as pessoas até hoje falam: ‘Aquela novela que você dava a surra na menina’. Não, eu não dei surra na menina a novela inteira, porque parece que eu dava surra em todos os capítulos. Foi um capítulo só, aquele mais esperado. Aí, obviamente, foi uma catarse, as pessoas se sentiram vingadas através do Carlão”, destacou.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com