Marcos Palmeira desabafa sobre crise na carreira e comenta título de galã

Marcos Palmeira
Marcos Palmeira está no ar em Pantanal (Imagem: Reprodução / Instagram)

No ar como o José Leôncio em Pantanal, Marcos Palmeira abriu o coração e lembrou de um momento de reflexão que viveu em certo ponto de sua carreira como ator.

Em conversa com a revista Veja Rio, o artista contou: “Vivi um momento de crise em Celebridade. Todo ator sonhava ser protagonista de Gilberto Braga. E quando chegou o meu momento, veio o questionamento: é isso mesmo o que eu quero? Eu achava que tinha ficado muito engessado na figura do galã”.

“Então, viajei para a França para fazer o curso da Delphine Eliet e, na volta, procurei o Amir Haddad para fazer uma peça. Descobri que a desconstrução que eu buscava estava dentro de mim. Eu precisava descobrir novos caminhos para a minha carreira“, explicou.

Veja Também

No bate-papo, Palmeira ainda falou sobre como sua percepção de envelhecimento mudou depois do nascimento de Júlia, sua filha com Amora Mautner, que agora está com 14 anos.

“Desde que minha filha nasceu, eu tive a dimensão de que o tempo estava passando, mas estou achando bom envelhecer”, garantiu.

“Aprender mais, me entender melhor. Minha filha me ensina muito nesse sentido, porque não adianta só falar, se você não faz. O que educa é o exemplo“, completou.

Marcos Palmeira fala sobre convite para protagonizar Pantanal

O ator, que está de volta ao horário nobre como José Leôncio no remake da trama, viveu o Tadeu na versão original do folhetim.

Feliz por ter sido chamado para ser o personagem principal, Palmeira afirmou: “O que me surpreendeu foi, aos quase 60 anos, ser chamado para um papel de protagonista como este. É um privilégio para um ator ter a possibilidade de fazer um mergulho mais profundo numa obra da qual já tenha participado, na pele de outro personagem”.

Em recente conversa com o jornal Extra, Marcos frisou a alegria: “Está sendo um prazer. Uma virada na minha carreira, 32 anos depois. Foi uma novela tão importante naquela época e hoje é uma nova novela. O público conhece mais a novela que a gente. Chegar nessa fase da minha vida, com quase 60 anos e receber um presente desses”.

“O Pantanal nos permite estar entregues em um processo onde a gente vai descobrindo esse frescor. Uma energia que já existia naquela época, quando éramos muito novos”, contou.

“Agora, atores experientes e atores novos, onde está todo mundo experimentando. O Pantanal não é previsível, a gente joga com o imprevisível. Está sendo uma alegria para mim”, disse ainda.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›