Mari Palma relembra morte do pai e confessa tristeza em momento de luto

Mari Palma
Mari Palma relembra morte do pai e confessa tristeza em momento de luto (Imagem: Reprodução / Instagram)

Mari Palma surpreendeu seus fãs em março desse ano ao anunciar a morte do pai, que lutava contra um câncer — descoberto em estágio avançado — há dois meses antes disso. Nesta terça-feira (1), a jornalista lembrou de Luiz Palma com muita saudade e luto.

A noiva de Phelipe Siani começou confessando a fase difícil de lidar com a ausência do pai: “Parece que fica mais difícil a cada dia que passa. Você me ensinou tanta coisa sobre tudo, pai, menos como viver num mundo em que você não existe fisicamente, um mundo em que eu não tenho esse teu ombro pra fugir ou a tua voz pra me acalmar. como eu faço isso?”.

Eu confesso que nunca estive tão perdida. Eu tô aqui tentando descobrir todo dia como continuar o meu caminho, sempre pensando no que você faria ou falaria pra mim. Tem dia que eu só quero ficar em casa chorando, pai, mas aí eu lembro de todas as vezes que você me fez sorrir (e foram muitas) e aí eu acho força pra levantar”, escreveu Mari nessa espécie de carta póstuma ao seu ente querido que partiu e confessando a tristeza.

A filha de Seu Luiz também contou que se comunica com ele enquanto está sozinha: “E quando eu levanto, eu levo você comigo pra todo lugar que eu vou, porque a verdade é que eu não paro de pensar em você nenhum segundo do meu dia. Te dou bom dia de manhã, beijo tua foto toda noite antes de dormir, pergunto tua opinião sobre algo que eu preciso fazer e fico falando sozinha porque sei que você tá me ouvindo e agora me vendo também”.

Eu achei que sabia o que era saudade até sentir essa dor que eu sinto todo minuto do meu dia (…) parece que não vai embora. Tá difícil demais, pai, mas eu sei que um dia a gente vai se reencontrar pra colocar os pés numa cachoeira de novo e conversar sobre tudo isso. Eu te amo mais do que cabe dentro de mim, amor da minha vida”, finalizou Mari Palma, agradecendo Phelipe por ter tirado essa e outras fotos com seu pai, em vida.

O jornalista também deixou sua mensagem sobre o sogro que não está mais entre nós: “Ele tá sempre com a gente, meu amor. Ele tá sempre aqui. Eu sei que nunca vou conseguir suprir a falta q ele faz, mas eu prometo sempre te abraçar apertado dando tapão nas costas igualzinho ele fazia. E prometo que eu sempre vou lutar pra fazer você se sentir amada e confortada. Eu te amo um absurdo, minha gatinha”.

Confira:

Matheus Henrique MenezesMatheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›