Mario Frias reage contra crítica pesada de Emicida após acusação

Mario Frias
Mario Frias se posicionou contra Emicida (Imagem: Reprodução/ Agência Brasil)

Mario Frias decidiu usar o seu perfil do Twitter para reagir às críticas que recebeu de Emicida sobre sua fala racista. Em entrevista a Zeca Camargo, no UOL, o cantor avaliou o comentário preconceituoso e classificou secretário da Cultura como “insignificante”.

“Falar, meus caros, até papagaio fala. Se bem que, esse está mais pra realejo, porque, antes de falar, tem que depositar a moedinha”, disparou o integrante do Governo Bolsonaro.

O ex-ator fez referência à declaração de Emicida, que disse: “Enquanto artista, a trajetória de Mario Frias não existe. Ele é a síntese do que os militantes chamam de privilégio branco, associado a um governo que certamente vai entrar para a história como o pior do Brasil e se sujeita a ser essa figura”, disse o famoso.

Emicida ainda declarou sobre Mario: “É uma figura medíocre numa posição de poder que é dada nessas circunstâncias. É uma questão de tempo para que ele volte para o buraco que chama de carreira”.

A declaração do aliado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi feita após o militante do PCB (Partido Comunista Brasileiro) e youtuber, que abertamente é crítico ao atual Governo, usar as redes sociais para dizer que “já tinha comprado fogos” com a notícia de que o presidente seria transferido de hospital.

“Bolsonaro foi internado. Já comprei fogos. Tão deixando a gente sonhar…”, disparou o ativista. Mario Frias, então, respondeu a uma publicação de um assessor especial da presidência, que compartilhou a notícia dada pelo site Brasil 247.

“A pergunta que não quer calar: Quem caralhas é Jones Manoel?”, questionou Tercio Arnaud Tomaz. O secretário disse que não conhecia quem era Jones Manoel — que tem mais de 130 mil seguidores nas redes sociais — e falou da falta de limpeza dele.

O ex-global comentou: “Realmente eu não sei. Mas se eu soubesse diria que ele precisa de um bom banho”. Jones respondeu ao comentário nas próprias redes sociais: “Olha o ex-ator frustrado e atual fascista cometendo um crime de racismo diário”.

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email [email protected]
Veja mais ›