MC Kevin era alvo de processo no TJ do Rio por porte de drogas

MC Kevin
MC Kevin tinha problemas com a Justiça do Rio de Janeiro (Imagem: Reprodução / Instagram)

MC Kevin, morto no último dia 16 de maio após cair do quinto andar de um prédio na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, tinha sérios problemas com a Justiça do Rio de Janeiro. O funkeiro era alvo de um processo por porte de drogas.

De acordo com as informações do jornalista Ancelmo Gois, do jornal O Globo, o cantor respondia a um processo no Juizado Especial Adjunto Criminal de Angra dos Reis, na costa verde do Rio de Janeiro, por porte de substâncias ilícitas.

Em 16 de agosto de 2020, durante a pandemia do coronavírus, a Polícia Rodoviária Federal patrulhava a rodovia BR 101 e, após a fiscalização do carro dirigido por MC Kevin, encontrou uma bolsa com um papelote com cerca de 2g de substância análoga a cocaína.

Na época, o material encontrado pelos policiais foi encaminhado para o Instituto de Criminalística de Angra dos Reis. Em resposta aos policiais, o artista disse que a droga era para seu consumo.

A investigação da morte de MC Kevin encontrou indícios de que ele havia usado droga antes da queda da varanda do hotel. O exame toxicológico apontou a substância sintética MDMA no sangue do famoso.

Em entrevista ao UOL, Marcos Camargo, presidente da Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais, explicou que o MDMA é o princípio ativo mais comum do ecstasy.

“A mistura de MDMA com álcool aumenta o efeito estimulante do ecstasy. Esse tipo de droga pode aumentar libido e efeitos sensoriais. A presença de álcool pode potencializar os efeitos e, sem dúvida, a pessoa, fora do seu juízo normal, pode sim ter os reflexos afetados”, disse o especialista.

MC VK, que estava com MC Kevin no quarto de hotel antes da queda, se pronunciou dias após a tragédia e reafirmou sua estreita amizade com o paulista. “A gente era amigo de verdade. Não era algo que ‘nossa, eu só preciso dele’. Não. O Kevin também precisava de mim. Não financeiramente, mas de um ombro amigo”, disse. “Ele reconhece meu coração. Pode ter certeza que ele tá reconhecendo meu coração até hoje. Ele é luz, ele me transformou”, garantiu.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›