MC Lan é acusado de crime contra modelo e se pronuncia

MC Lan
MC Lan é acusado de crime contra modelo (Imagem: Reprodução/ Instagram)

MC Lan está sendo acusado de ter estuprado uma cantora e modelo de 28 anos. Ela registrou boletim de ocorrência neste domingo (7) no 49ª DP (São Mateus), zona leste de São Paulo. O artista resolveu se pronunciar.

A assessoria do funkeiro disse que “ele está à disposição das autoridades para esclarecer os fatos como realmente aconteceram, que está perplexo com as acusações”. Em seguida, o famoso mesmo postou vídeos nas redes sociais negando as acusações e também afirmou que foi hoje à delegacia.

“Resolvemos beber um pouco, como não estou acostumado a beber, passo mal quando bebo muito, bebi só um copo. Nos divertimos muito, demos muita risada até que aconteceu, rolou a primeira relação. Ao final da segunda relação, ela pediu para usar o banheiro, só que percebi que ela estava demorando muito no banheiro, ela não estava tomando banho, nem dando descarga. Comecei a achar tudo muito estranho. Meia hora depois ela desce”, disse ele.

O funkeiro declarou que, após sair do banheiro, notou que o comportamento dela estava estranho. “Ela desceu falando sobre o aluguel dela que estava atrasado, falando que estava sem dinheiro, que estava precisando de emprego.”

Já a assessoria da vítima declarou que ela entrou em contato com MC Lan para pedir um emprego. “O mesmo dispôs-se a ajudá-la e pediu o endereço dela para que um Uber fosse buscá-la”, afirmou em nota, publicada nas redes sociais.

No texto, a modelo deixou claro que não pretendia manter relações sexuais com Lan, desde o início. A suposta vítima contou que foi ao banheiro e ao voltar, aceitou uma bebida. Em seguida, ela ingeriu a bebida, “sentiu-se mal e foi sexualmente abusada por MC Lan. Segundo ela, havia sido colocada alguma substância tóxica na bebida”.

Nos Stories, Lan postou vídeos e deu a sua versão. “Fiquei perplexo sim, fiquei revoltado com a situação de falarem que foi estupro. Não existiu de maneira nenhuma estupro, violência sexual. Quem me conhece sabe que não sou um cara agressivo”, afirmou ele.

A equipe da suposta vítima declarou que “os fatos, porém, não ocorreram da forma como o artista alega”.

Ela também disse que ela “possui em seu corpo evidência do estupro” e que as imagens das câmeras de segurança do condomínio onde Lan mora registram o momento que ela foi conduzida para casa em um Uber.

O empresário da cantora ficou sabendo da situação e seguiu para o hospital. Ele foi quem comunicou o caso à polícia, que enviou uma viatura para acompanhar o caso.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›