Ministro de Bolsonaro detona imprensa e toma porrada do Jornal Nacional

Jornal Nacional
Luiz Henrique Mandetta criticou a imprensa e virou alvo de “editorial” lido por Ana Paula Araújo no Jornal Nacional (Imagens: Reprodução / Globo)

A edição deste sábado (28) do Jornal Nacional enalteceu o trabalho de Luiz Henrique Mandetta, ministro da Saúde do governo Jair Bolsonaro. O noticiário da Globo, porém, não deixou uma fala de Mandetta contra a imprensa passar batido. O revide do telejornal mais assistido do país veio em forma de “quase editorial”, através da voz firme de Ana Paula Araújoque comandou o JN ao lado do estreante na função Hélter Duarte.

O Jornal Nacional destacou diversas falas do ministro durante coletiva na tarde de hoje. Boa parte delas contrárias ao que foi dito por Bolsonaro ao longo da semana – insistindo, por exemplo, na manutenção do isolamento domiciliar, da suspensão das aulas e do fechamento do comércio; também discordando das muitas carreatas convocadas por apoiadores do Presidente nos últimos dias.

Mas, após a exibição de tais trechos da entrevista de Mandetta, Ana Paula Araújo citou uma fala em defesa do Presidente da República – sobre a suposta preocupação dele com o avanço da covid-19 no Brasil. Em seguida, a resposta do Jornalismo da Globo à outra colocação de Luiz Henrique.

O ministro da Saúde encontrou uma outra maneira de agradar o presidente. Criticou o trabalho da imprensa afirmando que os meios de comunicação são ‘sórdidos’, porque, na visão dele, ‘só vendem se a matéria for ruim’”, iniciou Ana Paula. “Na pandemia de um vírus letal contra o qual não há medicamento ou vacina, é estarrecedor que ele não reconheça que o nosso trabalho”, prosseguiu.

O trabalho de todos os colegas jornalistas – daqui da Globo, mas também de todos os veículos – é um remédio poderoso: dar informação para que o povo possa se proteger. Há muitos trabalhos essenciais; o dos médicos, enfermeiros, em primeiro lugar. Mas nós jornalistas estamos nas redações e nas ruas, arriscando nossa saúde para cumprir a nossa missão. E fazemos isso com orgulho”, rebateu.

A resposta do Jornal Nacional a Luiz Henrique Mandetta repercutiu na web.

Confira:

CONTINUE LENDO →

Duh Secco é “telemaníaco” desde criancinha. Em 2014, criou o blog “Vivo no Viva”, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.