Monica Iozzi lembra cantada que recebeu de Mario Frias em programa de TV e desabafa

Monica Iozzi
Monica Iozzi falou sobre relacionamento e sua carreira (Imagem: Reprodução / Instagram)

Monica Iozzi abriu o jogo sobre uma cantada antiga que recebeu de Mario Frias durante o Encontro, da Globo. No podcast Calcinha Larga, do Spotify, a famosa disse que não se lembra de ter participado da atração ao lado do ator.

“Se a Fátima Bernardes tivesse um quadro tipo ‘Passa ou Repassa’, eu com certeza meteria uma torta na cara. A questão é: eu não me lembro de estar com Mario Frias em nenhum momento da minha vida”, comentou a atriz.

Ao ouvir que o secretário de Cultura gritou “sogra” ao ver sua mãe num vídeo, a artista brincou: “Ele falou isso? Meu Deus! Coitada da minha mãe! Não. Jamais!”.

“Se o Mario Frias fosse o último homem do mundo, eu viraria pansexual e me relacionaria com uma árvore. Não existe nenhuma chance. Cara, para você ver a relevância desse homem, eu não me lembro de ter estado com esse homem em nenhum momento da minha vida!”, completou sobre o assunto.

Outra lembrança citada por Monica Iozzi foi a de sua primeira reunião com Boninho: “Ele marcou num restaurante de comida japonesa e eu não como. Aí ele quis pedir saquê. Fiz aquele truque que meu pai me ensinou, de que, quando você odeia alguma coisa, come sem respirar. Eu me entupi de sushi e de sashimi. Mergulhava aquilo no shoyu. Eu me entupi de saquê. Ficamos quatro horas em reunião. Eu saí bêbada do restaurante”.

A famosa estreará um programa no Canal Brasil e, além de ter se dedicado ao desenvolvimento da atração, rodou uma série portuguesa, participou de filmes, reatou o namoro e voltou a morar com a mãe.

No bate-papo, a atriz falou da relação com o administrador Gabriel Moura, com quem teve um término na quarentena e reataram o relacionamento.

“Ele é a pessoa mais compreensiva do mundo (…) Quando fui morar com a minha mãe, ele compreendeu. E foi até bom porque meu apartamento é pequeno, éramos eu e ele e mais duas cachorras e ele começou a trabalhar de casa. Então, quando voltei, depois de dois meses que eu estava em casa, o negócio começou a ficar puxado (…) Foi bom termos tido três meses de folga (enquanto ela morou com a mãe)”, confessou.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›