Mônica Martelli revela intimidade com namorado na pandemia: “Teve que ser criativo”

Mônica Martelli com o namorado (Imagem: Reprodução / Instagram)

Mônica Martelli surpreendeu em entrevista à colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, ao falar sobre sua intimidade com o namorado, Fernando Altério, com quem está há dois anos.

Foi com ele que a atriz passou toda a quarentena e ela disparou: “Eu e meu namorado ficamos juntos três meses na mesma casa. A gente foi pro interior de São Paulo”.

“Grudamos, ficamos eu, ele e todos os filhos. Ele tem quatro e eu tenho uma. A gente não casou, não mora na mesma casa, mas realmente nos unimos muito, porque as relações mudaram”, explicou.

“A gente teve que ser mais criativo um com o outro, ter mais flexibilidade, mais tolerância. A mulher estar conhecendo melhor o seu corpo é uma coisa maravilhosa”, prosseguiu.

“Isso tem que ficar bem naturalizado mesmo. Tudo o que é relacionado ao prazer da mulher é um tabu, é um medo”, completou Mônica, grande amiga de Paulo Gustavo, a quem voltou a homenagear recentemente.

O ator morreu há cerca de um mês por conta da Covid-19 e, em suas redes sociais, ela compartilhou um vídeo de um momento descontraído ao lado do humorista. Na legenda, desabafou:

“Inacreditável talvez seja a palavra que resume bem o que foi esse mês. 1 mês sem meu amigo. É inacreditável que o Paulo Gustavo tenha partido, que já faça tanto tempo e que a gente ainda não está nem perto de entender o que é a vida sem ele. Paulo está presente em tudo do meu dia, como sempre foi em vida. Eu penso no que ele falaria, no que ele faria sobre qualquer situação. Mas o que antes era motivo de gargalhadas, agora traz dor. A dor de só imaginar o que ele poderia estar fazendo naquele momento. A dor dessa oportunidade da vida, da família, do afeto, que lhe foi tirado”.

A atriz falou ainda sobre como tem sido difícil viver sem a presença do amigo. “Ainda me dói, Paulo Gustavo. Suas lembranças são um misto de alegria e dor. Está sendo assim há 1 mês. Eu não quero me sentir dessa forma porque você nunca foi dor. Esse é o maior ensinamento que você nos deixou. Cada dia é único, cada oportunidade é única e cada pessoa é única. Por isso você amava sua família, amigos e público com tanta fervorosidade, porque entendia muito do que era estar vivo. Vou te amar pra sempre, meu amor!”, escreveu.

Confira:

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›