Murilo Benício desabafa sobre como O Clone mudou a sua carreira

Murilo Benício
Murilo Benício comentou sobre o trabalho triplo em O Clone (Imagem: Reprodução / Instagram)

Murilo Benício abriu o jogo sobre a sua carreira e lembrou do trabalho em O Clone, que começou a ser reprisada no Vale a Pena Ver de Novo, da Globo, nesta segunda-feira (4). Na trama, o ator dá vida aos gêmeos Lucas e Diogo, além do clone Léo. Sim, três personagens.

“Parece que é ver outra pessoa quando eu assisto a uma coisa muito antiga minha”, declarou o artista, deixando claro que não gosta de se ver em um trabalho antigo, à coluna de Marcelle Carvalho, do Splash.

Benício, porém, não nega a importância que a trama de Gloria Perez teve em sua trajetória. “Era uma época minha de começo de carreira. A novela foi marcante e, definitivamente, foi importantíssima para eu assumir outro lugar como ator”, confessou ele.

“Foi muito difícil porque o Lucas era um personagem apagado – mas era para ser assim. Diogo tinha que ser aquele cara solar que morreria num acidente. E, por conta disso, acendia no Albieri (Juca de Oliveira), que era um cientista, a vontade de trazer ele de volta, de tão querido que era. E quando Léo, o clone, entra na novela, me dá uma liberdade maior para brincar”, desabafou ele.

Murilo Benício ainda falou que a novela o fez ficar conhecido em vários países: “Eu sou muito querido em Portugal. Nunca fui para a Rússia, mas já encontrei russos que parecem ser mais fãs que os próprios portugueses. Na África também, quando eu fui com os meninos para fazer safari”.

“Faz parte de uma coisa que é muito maior do que cinema em termos de massa, o quanto que as pessoas de todo lugar do mundo te veem, o alcance que você tem. Isso sempre volta num tom de muito amor e carinho das pessoas. Principalmente em Portugal, para onde eu vou mais, eu sinto isso“, contou ele.

O famoso ainda garantiu que guarda as recordações que conquistou da época das gravações no Marrocos.

“Até hoje eu encontro em casa uns chaveiros que comprei lá. Também tem uns panos que estão na minha fazenda até hoje. Trouxe muita coisa de lá e eu tenho muita lembrança também. Imagina essa turma toda fazendo a novela no Marrocos. Como a gente não se divertiu. É só recordação boa“, disse.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›