Boechat
Globo prestou homenagens a Ricardo Boechat (Imagem: Reprodução / Globo)

A Globo dedicou boa parte da manhã desta terça-feira (12) a Ricardo Boechat, morto após a queda de um helicóptero na rodovia Anhanguera, próxima à sede do SBT, em São Paulo.

As homenagens começaram logo cedo durante o “Bom Dia Brasil”, que dedicou a edição a falar sobre o colega de profissão. Chico Pinheiro e Ana Paula Araújo chamaram reportagens dedicadas a Boechat, além de mostrarem ao vivo a movimentação do velório, no MIS (Museu da Imagem e do Som).

No final do telejornal, Chico Pinheiro despediu-se usando um dos bordões do colega. “Fica a mensagem dele para essa terça-feira: ‘Toca o barco’. A gente volta amanhã”, declarou.

Mais tarde, Ana Maria Braga abriu o “Mais Você” falando sobre o jornalista. Mencionou as tragédias que abalou as primeiras semanas do ano e disse que “o tempo para se recuperar de tantas tristezas não será suficiente”.

Em seguida, a apresentadora chamou Sandra Annenberg, que da redação do “Jornal Hoje” comentou sobre a notícia dada por ela na edição de ontem do telejornal. “É difícil dar bom dia hoje, né? Como você sabe, nós recebemos a notícia da morte do Boechat enquanto estávamos no Jornal Hoje, ontem, no ar. E foi muito difícil ontem para a gente, Ana… A gente tá muito acostumado a lidar com notícias difíceis. Aliás, sem tem algo que não é fácil nesta vida são as notícias de última hora sobre grandes tragédias, desastres, violência, agressão… Agora, a morte, dessa maneira, como presenciamos todos, ao vivo… Foi chocante. E ter que controlar essa emoção foi difícil”, desabafou.

Após ser elogiada por Ana Maria Braga, pelo comportamento que teve durante o “Jornal Hoje” de ontem, ela voltou a comentar: “Fiquei pensando muito se eu consegui, de fato, passar não só a informação, mas um pouquinho de tranquilidade num momento tão difícil. Não sei se consegui ou não. Só sei, Ana, se no dia em que eu não puder me emocionar com esse trabalho, eu não vou conseguir fazer o meu trabalho”.

“Jornal da Band” com bancada vazia em homenagem a Boechat comove web

Band, que dedicou toda a grade vespertina à cobertura da morte de Ricardo Boechat, preparou uma edição especial do “Jornal da Band” em homenagem ao âncora. Boechat esteve à frente do telejornal nos últimos 13 anos. Colegas dele, na Band e em outras emissoras, deram depoimentos exclusivos ao noticiário, conduzido em caráter interino por Fábio Pannunzio e Lana Canepa. A bancada vazia, no encerramento, comoveu internautas.

Dentre os contratados da casa, Ana Paula Padrão, Milton Neves, Renata Fan e o diretor de jornalismo Fernando Mitre falaram sobre Boechat. Do SBT, Carlos Nascimento; da Record, Marcos Hummel. Da Globo, Mariana Ferrão – que apresentou o “Jornal da Band” ao lado de Ricardo, entre 2006 e 2008 –, além de Chico Pinheiro e Miriam Leitão, com quem o jornalista dividiu o estúdio do “Bom Dia Brasil”, de 1997 a 2001.

Ainda, William Bonner e Maria Beltrão, da GloboNews – que exaltou o convívio do amigo com taxistas, espécie de “auxiliares” em pautas da atração dele na BandNews FM. A categoria, aliás, também homenageou Boechat, com um buzinaço em frente à sede da Band, em São Paulo. O canal também ouviu ex-contratados, como Ticiana Villas-Boas e Paloma Tocci; a última deixou a bancada em janeiro, após a não renovação de contrato com a emissora. Os depoimentos de colegas encerraram os blocos do “Jornal da Band”.

 

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!