Na Record, Marcius Melhem fala sobre troca de mensagens com Dani Calabresa

Marcius Melhem
Marcius Melhem voltou a se defender de acusações de assédio (Imagem: Reprodução/ Record)

Marcius Melhem voltou a se defender das acusações de assédio contra atrizes da Globo. Em entrevista a Roberto Cabrini, na Record, neste domingo (20), o ex-diretor de Humor da emissora carioca declarou que nunca tentou agarrar Dani Calabresa à força.

“Eu tenho duas filhas. Se eu tivesse feito aquela descrição do banheiro do bar, eu nem teria olhado nos olhos dela”, disparou o humorista, lembrando da reportagem da revista Piauí que descreveu as situações com base nos depoimentos das supostas vítimas e testemunhas.

O famoso seguiu: “Se isso tivesse mesmo acontecido, a festa teria acabado. Imagina, uma atriz que sai chorando e é amparada por colegas. Não existiu nada, a gente brincou no palco e até aí tudo bem”.

“Se você olhar o grupo de atores no dia seguinte, todos estão apenas comemorando. Eu e Dani trocamos mensagens. Não teve nenhum constrangimento”, acrescentou o ator, que ainda detonou a advogada de defesa de Dani Calabresa.

“Por que uma advogada vem a público destruir uma carreira sem uma causa ou processo? Ela quis destruir o meu nome perante à opinião pública”, ressaltou Marcius Melhem.

O ator e ex-diretor da Globo ainda expôs mensagens de texto e áudio trocadas com a humorista para defender a tese de que é alvo de uma vingança. Segundo ele, houve um desentendimento profissional com Calabresa, em 2019, por causa do Fora de Hora.

A famosa teria pedido por mudança de roteiristas e que o ex-MTV Bento Ribeiro estivesse ao seu lado na bancada em vez de Paulo Vieira. “Eu quero chegar na Justiça porque isso que Dani está fazendo comigo é vingança”, disparou.

“Ela reclamou que o texto estava mal escrito, queria os autores dela, não queria fazer o programa com o Paulo. Ela estava tão irredutível que a gente tomou a decisão artística de tirá-la do projeto. Não foi algo pessoal, mas da casa”, declarou.

Marcius ainda disse que estranhou o fato de que nenhuma das testemunhas quis revelar a identidade. “O que aconteceu comigo e Dani Calabresa só falo na Justiça, porque não vou expor ninguém. Eu nunca agarrei a Dani. Essa narrativa não é nem fantasiosa, ela é falsa”.

“Eu nunca imobilizei ninguém na vida, é essa descrição que está me causando problemas. Eu nem sei quantos braços eu tenho para agarrar, bater a cabeça de alguém na parede e abrir o zíper“, reagiu.

Fábio AlmeidaFábio Almeida
Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e responsável pela coluna "Do Fundo do Baú", publicada às quintas-feiras no RD1, com conteúdos marcantes da história da TV brasileira. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email luizfabio@rd1audiencia.com
Veja mais ›