Nathalia Dill relembra o auge da fama e desabafa sobre dilemas da maternidade

Nathalia Dill
Nathalia Dill é mãe de Eva, que completou 10 meses de vida (Imagem: Reprodução / Instagram)

Nathalia Dill está revisitando uma fase importantíssima de sua vida, já que a temporada de 2008 de Malhação — quando foi revelada — Nathalia Dill sendo reprisada no canal Viva. Nos últimos dias de dezembro de 2020 nasceu Eva, sua primeira filha, do relacionamento com Pedro Curvello, e isso também virou uma questão.

Em entrevista ao podcast Novela das 9, do Globoplay, a atriz explicou que há 13 anos a mídia estava muito em cima dela e o contexto era bem diferente dos dias de hoje:

Naquela época, as revistas e os paparazzi eram muito fortes, era uma outra imprensa, outra sociedade. Hoje em dia os discursos de empoderamento transformaram a forma com que as pessoas podem dialogar. Antigamente não se questionava… a pessoa estava com o corpo fora do que é caracterizado como padrão e era achincalhada, não tinha esse pensamento crítico”.

Sobre a época de Malhação, Nathalia contou que restou um grupinho de amizade que permanece até hoje, em conversas de muita intimidade e companheirismo:

A gente se fala até hoje. Tem um grupinho de quem está no Rio: eu, Carolinie Figueiredo, Sophie Charlotte e Johnny Massaro. Eu até reavivei outro dia e falei: ‘Vocês têm que vir aqui conhecer a Eva, ela já vai fazer um ano e vocês não conhecem!’. Eu tenho muito carinho, porque parecia um recreio. Eu regredi alguns anos de maturidade ali”.

Falando sobre o nascimento da pequena Eva, que completa seu primeiro aniversário daqui a 2 meses, a artista contou que o fato de ser mãe a deixou bem reflexiva e indecisa:

A maior dificuldade é como a sociedade não inclui a maternidade. A toda hora eu fico me perguntando como as pessoas fazem, como é… Focê tem que trabalhar, e você deixa com quem, como é essa dinâmica? Eu liguei pra todas as minhas amigas depois que a Eva nasceu perguntando: ‘como é que você fez?’. Eu achei essa dinâmica muito pesada, é bem difícil. A sociedade não inclui. Então essa dinâmica foi o que mais me assustou”.

Nathalia Dill confessou que está na dúvida sobre como levar os próximos meses da educação da filha, já que pretende administrar tudo isso de uma maneira responsável:

Eu estou nesse dilema agora: bota na creche, não bota, chama alguém, uma educadora, faz uma creche parental, bota numa creche aqui do lado? É complicado. A gente está sempre pensando em como administrar a dinâmica nova que se instaura na casa – e como fazer isso de uma forma legal, que não explore os outros, que não gere um ciclo vicioso… como ser de uma forma saudável?”.

Outro ponto lembrado pela famosa é se preocupar com possíveis sofrimentos de Eva, o que já fez ela perceber um pouco da personalidade da herdeira e a troca entre as duas:

O amor vai aumentando, surgindo… hoje em dia a gente conhece a Eva, a gente identifica a personalidade dela, e aí a gente vai tendo outras dinâmicas, outras alegrias. É muito lindo ir vendo isso evoluir a cada dia. É incrível porque a gente está exausto, podre, morrendo de sono, e aí ela dá um risinho e a gente adora”.

Uma curiosidade aleatória foi sobre o enxoval da pequena, que Nathalia acabou fazendo uma mudança brusca depois do nascimento:

Quando eu estava grávida, fiz o enxoval todo neutro, cru, outonal. Aí ela nasceu e agora tá tudo rosa! Ela tá toda rosa, eu acho lindo! Coisas que eu nunca me imaginei fazendo”.

Confira:

MAIS LIDAS

Matheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›