Nego do Borel faz grande dívida e Prefeitura do Rio cobra R$ 27 mil

Nego do Borel
Nego do Borel virou alvo da Prefeitura do Rio (Imagem: Divulgação)

Nego do Borel está enfrentando um novo problema. Desta vez, o cantor está sofrendo uma cobrança da Prefeitura do Rio de Janeiro. Isso porque o artista acumula dívida de cerca de R$ 27 mil.

A informação foi confirmada pelo colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo, que as dívidas do funkeiro são referentes ao não pagamento de IPTU nos anos de 2017, 2018 e 2020.

A residência que está no centro da polêmica fica no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste da cidade. A publicação ainda declarou que o valor pode até aumentar, já que pode estar sujeito à atualização monetária.

Com a dívida, o nome de Nego do Borel foi incluído no cadastro da Dívida Ativa e o pedido de execução fiscal da dívida do tributo aos cofres municipais foi feito pela Procuradoria Geral do Município.

A Prefeitura do Rio pediu também, à 12ª Vara de Fazenda Pública, a citação do artista por carta para que ele efetue o pagamento integral do que deve de forma imediata.

Desclassificado do reality da Record

Alvo de ataques na web e investigado pela polícia, Nego do Borel se manifestou nas redes sociais logo depois da sua expulsão de A Fazenda 2021.

“Todas essas coisas que venho sendo acusado e provando o contrário, junto com a polícia, não têm tido valor porque mesmo assim as pessoas vêm me julgando e atacando. Sinto que minha voz não vale nada. Hoje eu vejo o preconceito, o racismo escancarado na nossa sociedade”, iniciou.

Sobre Day Melo, Nego declarou:

“Conheci a Day, pessoa maravilhosa, gentil, simpática, a gente acabou se envolvendo e gostando um do outro e aconteceu o que aconteceu. Até agora não consegui entender se foi pelo fato da Dayane ter dormido comigo, no estado que ela estava, desde já, primeiramente, quero pedir perdão para a minha mãe, avó e minhas tias, que são mulheres. E depois pedir desculpas para todas as mulheres que se sentiram incomodadas. Eu não vi maldade”.

“Não sei mais o que é que eu faço, o que eu falo. A minha palavra não tem mais importância. As pessoas não me escutam. Mas, nas acusações que eu tive, tiveram grandes repercussões. A Polícia do Brasil vem dando os laudos para a gente de que não aconteceu de fato. E mesmo assim continuo sendo atacado”, lamentou.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›