Neila Medeiros
Neila Medeiros fez um relato sobre cultivo da cannabis em casa para filha (Imagem: Reprodução/ SBT)

Neila Medeiros vive o Dia das Mães com muita felicidade desde que conseguiu na Justiça a permissão para cultivar a cannabis sativa em casa para fins medicinais. Com a decisão, sua filha, Júlia Medeiros, consegue ter um tratamento mais eficaz.

Com a maconha medicinal, a jovem, de 18 anos, trata dores muito fortes e previne convulsões. A filha da jornalista do SBT é portadora da síndrome de Silver-Russel. Por causa dela, a parte cognitiva é totalmente preservada, mas a motricidade do lado direito do corpo tem problemas.

“O maior problema da minha filha é sobretudo a dor. Como é possível ter paz sentindo dores fortes o tempo todo? A maconha medicinal rica em CBD diminuí muito os espasmos e principalmente alivia as dores”, contou Neila Medeiros para o site Sechat. A adolescente tem contrações e espasmos musculares involuntários nos tendões, nervos e filamentos musculares longos do braço e da perna.

Casado com a comunicadora há 6 anos e pai de Liz, a caçula da família, o fotógrafo Renan Hackhadt Rêgo explicou a importância da plantação. “Hoje para nós é bem mais fácil. Claro que esse conhecimento de botânica para produzir a planta é um percurso, mas eu gostei e aprendi. E hoje faço bem. Tenho várias espécies, cepas diferentes e todo um cuidado com o cultivo. A questão da luz, controle de pragas”, contou.

Antes do cultivo em casa, o canabidiol era importado, ou seja, eles pagavam caro pelo remédio. Há dois anos, a família obteve da justiça a autorização para produzir o remédio na residência. “Quando o desembargador esteve aqui em casa para conhecer a Júlia, antes do dar a liminar para o cultivo, ficou muito impressionado com o grau de melancolia dela. Uma depressão grave – mesmo com tantos remédios… Cena ruim… Ela não saiu do quarto escuro, me doía demais ver ela assim”, desabafou Neila.

🔵Boletim RD1 💥 Notícias dos Famosos