Netflix cria novela e convida Antonio Fagundes para o papel de vilão

Antonio Fagundes
Antonio Fagundes é convidado para novela da Netflix após recusar Pantanal (Imagem: Victor Pollak / Globo)

Antonio Fagundes, fora da Globo após décadas, foi convidado pela Netflix para estrelar a primeira novela da história do serviço de streaming. Ele foi estrela do Plim Plim por mais de 40 anos e recentemente recusou um papel de destaque no remake de Pantanal.

De acordo com as informações da jornalista Patricia Kogut, do jornal O Globo, Fernando Ceylão estava produzindo uma trama para a poderosa norte-americana. Fagundes foi chamado para o papel de vilão.

Tudo caiu por terra com a saída de Maria Angela de Jesus do quadro de executivos da Netflix. Responsável pela direção das produções originais do catálogo, ela migrou para a VIS América, para liderar a empresa na criação de conteúdo para a Paramount+, Nickelodeon, Comedy Central e outras marcas.

Em entrevista recente, Antonio Fagundes confidenciou os detalhes da sua saída da Globo. “A decisão de não renovar partiu de mim. Fui eu que não quis: quando me chamaram para fazer Pantanal, não aceitei as condições que me ofereceram. Para começo de conversa, eles não queriam mais respeitar o acordo pelo qual eu poderia gravar apenas três dias por semana [que permitia a Fagundes conciliar TV e teatro]. Um pacto de 44 anos com a TV Globo foi quebrado nessa proposta, então não aceitei. O novo modelo não me interessa”, destacou ao Notícias da TV.

“A Globo é uma empresa e pode escolher os caminhos que ela quiser, do jeito que ela quiser. A emissora sempre teve autonomia para tomar decisões, e está se valendo mais uma vez dessa liberdade. Se o fato de a Globo estar abrindo mão do seu patrimônio vai trazer algum reflexo para ela, só o futuro dirá”, expôs.

A pandemia do coronavírus foi pauta da conversa e Antonio Fagundes lamentou o atual momento da Cultura do país. “A pandemia não é a culpada pela atual situação. Muito antes, esse governo já havia sinalizado que a cultura não interessava e tinha que ser eliminada, inclusive encaminhando fake news e incitando o ódio contra a classe artística”, comentou.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›