No Limite 2022: Verônica desabafa após desistência do reality show

Verônica Kreitchmann do No Limite 2022
No Limite 2022: Verônica desabafa após desistência do reality show (Imagem: Fábio Rocha / Globo)

Uma das grandes surpresas neste começo de temporada do No Limite 2022, foi quando Verônica Kreitchmann desistiu do reality logo no início da competição. Porém, ela abriu o jogo sobre o que aconteceu para tomar tal decisão.

Fique por dentro de tudo que rola em No Limite 2022 na cobertura do RD1

A corretora de imóveis contou em entrevista à Globo os motivos de ter pedido votos dos colegas. Ela ressaltou que um dos principais motivos foi a falta de banhos e o cansaço mental. “As provas não me davam medo, mas essas outras questões mexeram com a minha cabeça”, pontuou.

Veja Também

Verônica também ressaltou que, para ela, a permanência no reality show já estava se tornando um grande problema. “A minha mente estava exausta, a cabeça já não estava mais pensando. Tanto que eu não era a primeira opção de voto, mas falei: ‘Votem em mim porque não estou conseguindo entregar o que eu queria’. Foi um momento de coragem, porque eu poderia acabar tirando o sonho de alguém ali”, afirmou.

No Limite 2022: Verônica Kreitchmann ficou extremamente abalada com participação

Posteriormente, ela voltou a falar sobre o que a deixou abalada, situação que acabou sendo crucial para que ela definisse o futuro no No Limite 2022.

“Ficar sem banho todos os dias, estar com aquela sensação melada me dava muita agonia. Ficar sem água, sem escovar os dentes, essas necessidades básicas. Além da fome e do frio. As provas não me davam medo, poderia vir qualquer coisa que eu iria encarar, mas essas outras questões mexeram muito com a minha cabeça”, declarou.

Matheus Pires, que sabia ser um dos alvos da tribo, aproveitou para incentivar a desistência da colega. Por outro lado, ela fez questão de elogiar os concorrentes.

“Na minha visão, a minha tribo era nota 10. A gente não deixava ninguém de lado, todo mundo se acolhia. Eles são sensacionais. A gente se abraçou de um jeito tipo “ninguém solta a mão de ninguém”. Acho que o nosso único defeito mesmo foi não ter ganhado as duas primeiras provas. Cada um tinha um conhecimento específico e todo mundo soube administrar bem. A troca com pessoas de culturas diferentes só me acrescentou”, afirmou Verônica Kreitchmann.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

MAIS LIDAS

Henrique Carlos
Apaixonado por televisão e cinema, desde 2009 trabalha com internet. Já passou por grandes veículos de comunicação e teve experiência no rádio. Atualmente estuda para continuar crescendo na área e pode ser acompanhado através do perfil @henriquethe2 no Twitter.
Veja mais ›