No Limite: Ariadna rebate nova declaração de Iris e cobra desculpas por transfobia

No Limite
Ariadna rebate nova declaração de Iris e cobra desculpas por transfobia em No Limite (Imagens: Reprodução – Globoplay / Montagem – RD1)

Durante o tempo em que as duas estavam juntas em No Limite, Iris Stefanelli foi acusada de transfobia — e outras coisas mais — por internautas, por um discurso polêmico sobre prostituição com Ariadna Arantes. Mesmo sabendo de tudo, a loira não se retratou e isso revoltou a ex-participante do BBB 11.

Saiba tudo sobre No Limite na cobertura do RD1

No Instagram, Iris indiretamente acusou a edição de não mostrar o diálogo inteiro e assim distorcer o começo da conversa, inclusive negando que tenha falado sobre transexuais:

Nossa conversa era o seguinte: sobre altos e baixos da vida de artistas. Hoje você está empregado, amanhã não está. Hoje tem emprego e amanhã não tem. Revista fecha, revista abre, muda para Instagram… Daí eu falei: ‘o melhor caminho para gente é estudar. É tentar manter um curso paralelo’. E ela pegou e falou: ‘Mas no meu caso’, mas eu não estava falando do caso dela, estava falando da vida do artista”.

Ariadna foi entrevistada por Bruno de Luca, numa live promovida pelo perfil do Multishow no Instagram, e negou fortemente a versão que trouxe a competidora da tribo Calango:

O começo foi: ‘A Ariadna estava me contando a história da vida dela, muito triste’, mas aí ela vai lá e começa… Na edição eu falo para ela não julgar porque ela não sabe tudo. Como ela foi falar que era sobre a vida de artista? Isso não é verdade, gente”.

As gravações de No Limite terminaram, e até quem não foi eliminado — de acordo com o cronograma dos programas — já voltou pra vida normal. A terceira eliminada do reality inclusive se impressionou por não ter surtado com a mineira:

Eu ali me surpreendi porque eu sou geminiana raiz, zero paciência. Chega uma hora que a gente cansa de explicar as coisas para as pessoas, todos os dias está nos telejornais não sei quantas trans sendo assassinadas, mulheres trans não conseguindo emprego e tendo que se prostituir, sendo expulsas de casa”.

Na sequência, Ariadna Arantes relatou todas as coisas que passou até o momento de ter finalizado a sua transição e também redesignação sexual, desde rejeição da família a hostilidades de cunho sexual:

Eu vivi todas essas experiências porque eu também fui expulsa de casa com 14 anos, eu sofri uma tentativa de assassinato dentro da minha família comigo, eu fui acusada de roubo dentro da minha família sem eu ter roubado, eu fui estuprada duas vezes, eu tive que me prostituir. Eu tenho um passado pesado e isso não faz de mim uma pessoa cruel, psicopata, ruim, nada. Eu sei a minha história, eu sei o que eu vivi. Eu não estou contando isso para me vitimizar”.

Por fim, a famosa repreendeu o fato de Iris Stefanelli ter trazido novas justificativas ao invés de reconhecer o erro e se desculpar: “Errou? Vai lá e pede desculpas. Eu peguei e falei: ‘Olha, eu estou aqui de braços abertos’. […] Fica difícil te defender, ‘miga’, se você não sabe pedir desculpas”.

Confira:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por @multishow

Matheus Henrique MenezesMatheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›