Nos Tempos do Imperador padece com fuga de audiência

Nos Tempos do Imperador
Selton Mello (Pedro II) Nos Tempos do Imperador; nova novela das 18h enfrenta queda de audiência (Imagem: Reprodução / Globo)

A inédita Nos Tempos do Imperador perdeu audiência na última semana, entre 16 e 21 de agosto, conforme mostram dados da Grande São Paulo. A novela que a Globo exibe às 18h bateu recorde negativo na quinta-feira (19) e na sexta-feira (20) – índice, aliás, que repetiu no sábado (21). A edição especial de Império (2014) foi a única a crescer nos números na última semana.

Nos Tempos do Imperador atingiu 17,7 pontos – na quinta, a trama anotou 17,5 de média, enquanto na sexta e no sábado angariou somente 16,3. Os capítulos em questão focalizaram o romance de Pedro II (Selton Mello) e Luísa, a Condessa de Barral (Mariana Ximenes). A esposa do monarca, Teresa Cristina (Letícia Sabatella), demonstro desconfiança quanto à proximidade dele com a preceptora das filhas.

Império amealhou 28,7 pontos. O enredo compreendeu o recomeço de José Alfredo (Alexandre Nero), agora como garimpeiro. Enquanto isso, a bastarda Cristina (Leandra Leal) se uniu aos três filhos do Comendador, do casamento com Maria Marta (Lilia Cabral), para colocar ordem nas contas da joalheira da família. Ainda, o nascimento dos gêmeos de João Lucas (Daniel Rocha) e Du (Josie Pessoa).

Pega Pega (2017) alcançou 22,3 de média com os planos frustrados de Júlio (Thiago Martins) para devolver a mala de dinheiro, subtraída do cofre do Carioca Palace, para Pedrinho (Marcos Caruso). A tentativa de Sabine (Irene Ravache) de afastar Dom (David Junior), seu filho adotivo, de Cristóvão (Milton Gonçalves) também ocupou o centro da narrativa.

Malhação – Sonhos (2014) acumulou 15,1 pontos com as investigações de Duca (Arthur Aguiar) e Nat (Maria Joana) sobre Heideguer (Odilon Wagner) e o envolvimento dele em esquemas de apostas. O empresário, inclusive, batalhou para levar Wallace (Mussunzinho) ao torneio de atletas profissionais; Gael (Eriberto Leão) preferiu poupar o atleta da competição.

Tititi (2010) registrou 15,1 de média para o Vale a Pena Ver de Novo. Jaqueline (Claudia Raia) assumiu a grife de Jacques Leclair (Alexandre Borges), que, decidido a manter o posto de diretor artístico, fingiu arrependimento e buscou reconquistá-la. Ari (Murilo Benício), interessado em adquirir a grife, usou da mesma tática. Os dois acabaram enxotados por ela.

MAIS LIDAS

Duh Secco
Duh Secco é  "telemaníaco" desde criancinha. Em 2014, criou o blog Vivo no Viva, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.
Veja mais ›