Nos Tempos do Imperador: Zayla será presa após ataque a tesoura

Zayla
Zayla vai acabar sendo presa em Nos Tempos do Imperador (Imagem: Divulgação / Globo)

Zayla (Heslaine Vieira) vai ser presa após uma tentativa de assassinato nos próximos capítulos de Nos Tempos do Imperador. Segundo informações da colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, tudo acontece quando ela for, injustamente, acusada de roubo no ateliê de Madame Lambert (Lorena da Silva).

A patroa, então, pressiona a moça e ela, por sua vez, explode disparando: “Eu não roubei nada! Se tem uma ladra aqui, essa ladra é a senhora!“.

“Do que você está falando?!”, questiona. Zayla responde: “Estou falando do vestido que eu desenhei, que eu costurei e bordei sozinha, e a madame disse para que era a senhora que tinha feito!“.

Lambert a ofende neste momento: “Não seja estúpida! Acha que alguma cliente do ateliê de Madame Lambert iria pagar por um vestido feito pelas mãos de uma negrinha?“. A jovem reage, furiosa: “Cala essa boca!!!“.

“Você pode fazer o vestido mais lindo desse mundo, que nunca vai passar de uma negrinha sem importância, como qualquer outra negrinha!“, continua. A moça pega uma tesoura e golpeia a patroa no braço. Assustada, Zayla deixa a peça cheia de sangue cair no chão.

Madame Lambert começa a gritar por socorro e a empregada, desesperada com o que aconteceu, corre, mas é presa por um policial na rua. “Ela me atacou! Tentou me matar!“, dispara a madame. Zayla berra: “Não! Eu… Não!“.

Nos Tempos do Imperador vai ficar no ar até o início de 2022 na Globo, mas um dos seus autores, Alessandro Marson, acabou divulgando um spoiler da reta final, em conversa com Suzana Pires no ClubHouse.

Na ocasião, ele falou sobre o fato da trama ter estreado já gravada e explicou que precisou correr para corrigir os erros que apareceram inevitavelmente, por meio de uma orientação profissional:

“Desde o início a gente teve a consultoria do Nei Lopes, que é um catedrático da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e é uma das maiores autoridades no movimento negro. Ele leu todos os capítulos, que a gente produziu e apontava coisas, tal”.

“A novela passou por um período no início bastante conturbado. Entrou depois do Nei uma nova pessoa que é a Rosane Borges e leu todos os capítulos e assistiu. A gente trocou muito e foi muito rico, essa troca com ela”, explicou.

“A gente conseguiu chegar num período de mais calmaria”, disse ainda, ao comentar as polêmicas da trama:

“Foi um momento de crescimento e muito aprendizado. Eu acho que algumas coisas, alguns temas, a gente tem que ter extremo cuidado. A gente só precisa tomar cuidado com esse limite do cancelamento. Porque é meio perigoso, não dá pra tratar uma pessoa com boas intenções da mesma forma que um racista, não é o caminho”.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›