Nova temporada do “Zorra” amarga baixa audiência na estreia

O "Zorra" voltou ao ar no último sábado (13) em baixa; o humorístico da Globo amargou a pior audiência para uma estreia, desde sua reformulação, em 2015, influenciado por "O Sétimo Guardião" e afetando o "Altas Horas".

Publicado por Duh Secco em 15/04/2019

Zorra

Rodrigo Sant’Anna, do “Zorra”; humorístico reestreia em baixa (Imagem: Divulgação / Globo)

O “Zorra” voltou ao ar no último sábado (13) em baixa. O humorístico da Globo – que abriu a temporada 2019 com um clipe sobre os 100 primeiros dias do governo Jair Bolsonaro – amargou a pior audiência para uma estreia, desde sua reformulação, em 2015. O fraco desempenho da atração foi influenciado pelos números de “O Sétimo Guardião”. E acabou por interferir nos índices do “Altas Horas”, de Serginho Groisman.

Na Grande São Paulo, o “Zorra” atingiu 16,9 pontos – abaixo dos 22,1 do primeiro episódio de 2018, dos 19,0 de 2016, dos 18,9 de 2017 e dos 18,8 de 2015. Antes, “O Sétimo Guardião” amargou 25,0 pontos – após passar a semana toda acima dos 30 de média. Depois, o “Altas Horas”, com Mateus Solano e Tony Ramos, anotou 11,9; o filme “De Pernas Pro Ar 2” (2012), cartaz do “Super Cine”, alcançou 9,6.

Pela manhã, o “É de Casa” consolidou 7,2 pontos. O “Globo Esporte SP” assegurou a maior audiência dentre os noticiários vespertinos: 12,3 de média, acima dos 11,7 do “SP1” e do “Jornal Hoje”. O “Só Toca Top”, por sua vez, ficou abaixo do “Sai de Baixo” (1996), cartaz da “Sessão Comédia”: 10,0 x 10,2. O “Caldeirão do Huck” ampliou os números, arrebatando 13,8 pontos.

À noite, o “SP2” garantiu 21,8; já o “Jornal Nacional” ficou com 24,6. A madrugada contou com atrações especiais, como o “Momento NBA” (8,2), os melhores momentos do “Festival Lollapalooza” (4,9) e a Fórmula 1, destacando o Grande Prêmio da China (3,8).

Duh Secco
Escrito por

Duh Secco

Duh Secco é  "telemaníaco" desde criancinha. Em 2014, criou o blog Vivo no Viva, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.