Oprah Winfrey choca ao dar detalhes sobre estupro sofrido aos 9 anos

Oprah Winfrey
Oprah Winfrey chora ao relembrar detalhes sobre trauma da infância (Imagem: Reprodução / Apple TV+)

A apresentadora Oprah Winfrey (67) abriu o jogo sobre sua vida pessoal e revelou que foi vítima de abusos sexuais na infância. Em depoimento cedido à série The Me You Can’t See, da Apple TV+, a artista norte-americana contou que a violência praticada pelo seu primo começou quando ela tinha nove anos de idade.

“Aos 9, 10, 11 e 12 anos, fui estuprada por meu primo de 19 anos. Eu não sabia o que era estupro. Certamente não estava ciente da palavra”, disse. Chorando, ela completou: “Eu não tinha ideia do que era sexo, não tinha ideia de onde vinham os bebês nem sabia o que estava acontecendo comigo. E eu mantive esse segredo. E é apenas algo que aceitei. Que uma menina não está segura em um mundo cheio de homens“.

No relato feito por Winfrey, a apresentadora também destacou a importância da escola e dos professores durante o período em que foi abusada: “Por muitos anos da minha vida, esse foi o único lugar em que realmente me senti amada. É por isso que durante tantos anos quis ser professora, para poder dar a outras crianças o que meus professores me deram“.

Posteriormente, em entrevista ao programa Today, Winfrey voltou a falar sobre o assunto: “Por ter sido criada do jeito que fui, porque fui abusada sexualmente, estuprada, tenho a simpatia pelas pessoas que passaram por isso. É porque fui criada pobre, e sem água corrente, e ter ido para o fundo do poço, e ter ficado fraca que tenho alguma compaixão por quem passou por isso. E assim passei a ter uma compreensão mais ampla e um profundo apreço por cada pequena e grande coisa que tenho agora”.

Na série de Winfrey, personalidades como o príncipe Harry, Lady Gaga e Glenn Close contam suas histórias sobre saúde mental e bem-estar. O programa estreou na sexta-feira (21). Em um dos episódios, Lady Gaga revelou que engravidou após um estupro.

Eu tinha 19 anos, já trabalhava no ramo e um produtor me disse: ‘Tire a roupa’ e eu disse ‘não’. Eu saí e eles me disseram que iriam queimar todas as minhas músicas. E não pararam. Eles não pararam de me perguntar, e eu simplesmente congelei e eu … eu não consigo nem lembrar. Primeiro senti uma dor total, depois fiquei paralisada“, declarou, chorando.

Elson BarbosaElson Barbosa
Jornalista, encantado pelo entretenimento e pela possibilidade de contar e conhecer várias histórias ao mesmo tempo. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @ellsonbarbosa
Veja mais ›