Ex-BBB Mahmoud Baydoun revela que sofreu abuso sexual em relato chocante

Mahmoud Baydoun
Ex-BBB Mahmoud Baydoun revela que sofreu abuso sexual em relato chocante (Imagem: Reprodução / Instagram)

Mahmoud Baydoun, que participou do BBB 2018 e que teve uma passagem rápida na quinta eliminação de No Limite, também ficou conhecido por ser sexólogo e abordar o tema com naturalidade. No entanto, dessa vez, chocou internautas ao recordar de uma história tensa de abuso sexual.

O rondoniense começou explicando que tudo aconteceu ainda quando ele era uma criança desajustada socialmente: “Quando eu tinha 11 anos, eu fui abusado sexualmente pela segunda vez na minha vida, dessa vez por três rapazes. Eu era um menino bastante retraído. Sofria muito bullying na escola e na vizinhança, sempre era excluído das brincadeiras pelos outros meninos”.

Logo na sequência, o ex-BBB falou de uma brincadeira que alguns amigos tinham convidado: “Certo dia, três colegas mais velhos que eu me chamaram para jogar uno no apê de um deles. Eu fiquei tão feliz pelo convite. Eu estava cansado de ser excluído e alguém finalmente me convidou para brincar”.

Quando eu cheguei lá, os três meninos estavam reunidos em uma mesa na varanda. A regra do jogo era bem simples: quem perde tem que pagar uma prenda. ‘Que legal’, eu exclamei! Eu estava animado para brincar”, continuou Mahmoud, sem esperar o que vinha pela frente.

Na sequência, o sexólogo revelou que esse jogo começou a tomar um destino muito inesperado: “As cartas foram distribuídas e começou a primeira rodada do jogo. Logo, minha animação foi desaparecendo. Percebi que os três estavam armando para que eu perdesse e foi isso que aconteceu. Imaginei que me pediriam para comer uma cebola ou bater na porta de algum vizinho, como eu era acostumado nas brincadeiras de verdade ou desafio. Eu tinha apenas 11 anos”.

Como eu havia perdido a rodada, eu teria que sentar por dois minutos no pau de cada um deles. Eu fiquei chocado, confuso, com medo… Mas ao mesmo tempo surgiu dentro de mim uma curiosidade que eu não conseguia explicar”, seguiu o famoso, numa mistura de sentimentos em relação ao abuso sexual.

Ele tentou fugir dessa prenda, mas foi ameaçado pelo trio de rapazes, na época: “‘Não posso, isso é errado! Pode ser outro desafio?’, perguntei. Os três sussurraram entre si e decidiram que se eu não fizesse aquilo, eu teria que me jogar da varanda. Estávamos no décimo andar, olhei para baixo e para eles… Não tive outra escolha: eles abaixaram as calças e aconteceu”.

A culpa acabou dominando Mahmoud Baydoun, e isso não deixou ele enxergar o que de fato estava acontecendo: “Eu não estava entendendo nada, me perdi numa mistura de medo, sentimentos de inferioridade e o que eu mais odeio: culpa! Eu me sentia indefeso. Naquele momento eu não entendi que estava sendo vítima de abuso, apenas sentia que estava fazendo algo errado”.

Por fim, o influenciador explicou que isso o possuiu por anos, e que precisou tratar essa memória numa psicoterapia: “Foi um inferno! Na adolescência, toda vez que eu me tocava ou tinha sonhos eróticos com meninos, eu chorava de culpa, pois achava que era algo errado e que eu queimaria no inferno. Aos 11 anos, eu não estava pronto nem psicológica e nem fisiologicamente para passar por aquela experiência”.

Confira:

Matheus Henrique MenezesMatheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›