Otávio Mesquita abre o jogo sobre namorada dez anos mais nova e faz revelação

Otávio Mesquita
Otávio Mesquita está namorando com Ana Paula Ruas (Imagem: Reprodução / Instagram)

Após o fim do casamento de 12 anos com Melissa Wilman, Otávio Mesquita mudou o jeito de olhar para Ana Paula Ruas, sua então amiga. Agora, os dois estão namorando e super apaixonados.

Em conversa com a Quem, o apresentador abriu o jogo sobre como tudo começou: “Nos conhecemos há mais de 15 anos. Sempre fomos amigos e nos respeitamos, mas quando nos reencontramos eu e ela estávamos solteiros e nos envolvemos. Aí, a amizade aumentou nossos sentimentos e abrimos nossos corações. Deu liga”.

Encantado, Otávio ainda contou o que mais gosta na amada: “A seriedade, idoneidade, simpatia, bom humor, liberdade e independência que ela tem. Ela também é muito amorosa e carinhosa. Acho que o amor após os 50 anos é mais diferenciado, equilibrado, correto e amoroso”.

Aos 62 anos, o famoso, que é 10 mais velho que a namorada, ainda falou sobre essa novidade que é namorar em plena pandemia da Covid-19. Vacinado, assim como Ana, ele explicou que os dois fazem programas que não os coloquem em risco.

“Nós já estamos vacinados com as duas doses, mas mesmo assim nos preocupamos muito com aglomeração. Usamos máscaras e tomamos todos os outros cuidados quando saímos. Ao invés de viajar para lugares públicos, fazemos mais viagens para casa de amigos, que estão se cuidando e onde não vai ter muitas pessoas. Mesmo em festas de amigos, sempre há os exames para testar para a Covid. Já fui em dois eventos assim. É muito louco isso. Mas a preocupação existe”, pontuou.

Vale lembrar que recentemente Otávio Mesquita abriu o jogo sobre a razão do fim do relacionamento com Melissa. Apesar de afirmar levar a vida com bom humor, o apresentador revelou ter se desalinhado quando teve um princípio de Burnout, algo que afetou seu casamento.

“Tive um início de burnout. Estava muito tenso, cheio de problemas financeiros e no trabalho. Ficava nervoso, descontrolado, com o emocional abalado, discutia por tudo. Fiquei muito mal. Passei três dias internados e fiz tratamento por três meses. Tomava 12 remédios por dia. Mas fui muito bem cuidado por quatro médicos. Agora estou bem. Era como se o filtro estivesse sujo e precisasse ser limpo”, explicou.

“Cometi erros porque estava mentalmente doente. Tive discussões e brigas com a minha ex-mulher e ela não entendeu”, declarou.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›