Pai de Márcio Garcia morre de Covid-19 e atitude do filho causa polêmica

Márcio Garcia e o irmão perderam o pai para o coronavírus (Imagem: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

Pai do ator Márcio Garcia, Carlos Alberto Machado não resistiu às complicações da Covid-19 e morreu na noite desta sexta-feira (18). Ele estava internado há cerca de um mês em Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira, e o apresentador desabafou sobre a situação.

“Minha fé hoje foi testada mais do que nunca. Às vezes, não entendemos os propósitos de Deus em nossas vidas. Mas Ele é misericordioso, sábio e sempre age da maneira certa. Descanse em paz meu pai. Gratidão a cada um de vocês”, declarou.

“Eu estou vindo aqui dizer que, infelizmente, o meu pai não resistiu. O corpo dele não resistiu. Ele faleceu hoje, agora à noite. Eu ia deixar para comunicar isso amanhã, mas vim aqui pedir mais uma corrente para vocês, mais um pequeno favor, para que a gente pudesse fazer uma corrente para que ele fizesse uma passagem calma, serena, tranquila, e pedir muita luz, que é o que ele merece”, disse ele.

“Melhor conselheiro que eu já tive e que vou ter, com certeza”, completou o apresentador, que um dia antes confessou que havia feito “pouco caso” da doença: “Confesso que muitas vezes fiz pouco caso da Covid, achava que não era tão grave. Nunca levei tão a sério essa doença”.

“Acho que muita gente passa por isso até ter um caso tão próximo como estou tendo agora com meu pai”, completou. Nas redes sociais, muita gente o apoiou, mas alguns internautas lamentaram a atitude do irmão de Garcia, Marcello Machado, por estar organizando uma festa de Réveillon para cerca de 400 pessoas em plena pandemia.

No Twitter, uma pessoa disparou: “Gostaria de saber se o irmão do Márcio Garcia ainda planeja uma super festa de réveillon com 400 convidados agora nesse momento de luto”. “Não consigo entender um filho preparar uma festa pra 400 pessoas com essa situação”, reagiu outro.

“Esse negacionismo leva à morte”, acusou mais um. Márcio, ao se pronunciar sobre o assunto, limitou-se a dizer: “Ele está sem tocar há séculos e precisa tocar. Claro que nem vou nessa festa, não concordo com festa nessa época do ano, mas entendo o lado dele”.

O irmão do apresentador, ao lamentar a morte do pai, não disse se cancelaria o evento e fez apenas o seguinte post: “Te amamos para Sempre meu herói!! Que Deus te receba em Sua morada com um sorriso e um abraço bem carinhoso”.

Há três semanas, ele havia feito um textão no Facebook, detonando a segunda onda da Covid-19 no Brasil e orientando os seguidores a “curtirem a vida”.

Confira:

NÃO EXISTE ‘segunda onda’ de covid!!!
Assim como não existiu ‘primeira onda’, pelo simples fato do vírus nunca ter…

Publicado por Marcello Machado em Quinta-feira, 26 de novembro de 2020

 

Lucas MedeirosLucas Medeiros
Lucas Medeiros é formado em Comunicação Social e compartilha o dia a dia dos artistas, famosos e celebridades. Acompanhe no Instagram clicando aqui!
Veja mais ›