Paola Carosella revela que se sentia “uma fraude” no início da carreira na TV

Paola Carosella
Paola Carosella abriu o jogo sobre o começo dos trabalhos na televisão (Imagem: Reprodução/ Globo)

Fora do MasterChef Brasil, Paola Carosella deu a sua primeira entrevista na Globo na noite desta quarta-feira (31). A chef argentina participou do Conversa com Bial e até comentou sobre o reality gastronômico da Band.

No papo, a famosa abriu o jogo também a respeito dos seus 20 anos de Brasil, o crescimento dos negócios em plena pandemia e seus novos projetos na internet, como o programa de receitas que apresenta com o marido.

Sobre o trabalho na televisão, Paola recordou: “Quando entrei na TV me sentia uma fraude. Nos primeiros anos fui muito criticada nas redes sociais. Primeiro: mulher. Não brasileira! Argentina! Se fosse francesa talvez seria outra história. Mulher argentina criticando brasileiros pegou muito mal. Até que começaram a entender que tinha outras nuances, outras coisas por trás”.

A chef de cozinha falou sobre o assunto após Bial questionar a respeito do quão duro é o mundo da TV. O jornalista ainda disse que em muitas vezes preciso de um “click” para que se haja um entendimento maior do que é aquele universo.

Carosella concordou e revelou que, ao receber o convite para se tornar uma estrela da TV, relutou bastante em aceitar.

“Pensei: Nem louca que eu vou fazer isso. Eu estava com filha pequena, acabava de ter separado, acabava de ter comprado um restaurante. Apareceu o convite de TV, aí eu fiquei pensando que não queria, mas depois pensei: será que a TV não dá um dinheirinho pra sair do aperto? Ai fiz tudo que tinha que fazer e deu certo”, explanou ela.

Ainda na entrevista, a ex-MasterChef Brasil comentou que, desde criança, já brincava de “apresentar” programas de TV: “Eu passei uma infância de muita solidão. Minha mãe era mãe solteira, trabalhava muito. Eu passava muito tempo sozinha, não tinha com quem brincar, não tinha telefone, não tinha internet”.

“Eu era fã de um programa de TV que ensinava a cozinhar. Quando eu ficava entediada, ficava com fome e era hora de comer, eu ia pra nossa cozinha. Eu fingia que era TV e contava como fazer as coisas”, ressaltou ela.

Paola Carosella abriu o jogo ainda sobre a entrada no processo de naturalização após 20 anos morando no país e comentou a respeito do canal que mantém com o marido no YouTube.

“A minha forma de fazer política é ensinar a cozinhar, para que as pessoas sejam independentes. Por isso que eu gosto tanto do nosso canal”, garantiu.

Fábio AlmeidaFábio Almeida
Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e responsável pela coluna "Do Fundo do Baú", publicada às quintas-feiras no RD1, com conteúdos marcantes da história da TV brasileira. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email luizfabio@rd1audiencia.com
Veja mais ›