Patrícia Abravanel relembra sequestro e desabafa sobre “sinal” de Deus: “Me veio a certeza”

Patrícia Abravanel
Patrícia Abravanel desabafa sobre “sinal” de Deus em sequestro (Imagem: Reprodução / YouTube)

Patrícia Abravanel lembrou de vários momentos da sua vida em entrevista ao O Pod é Nosso, comandado por Carlos Alberto de Nóbrega, e comentou, por exemplo, do seu sequestro. A filha de Silvio Santos revelou que teve um “sinal” através de um sonho antes de sofrer com o crime.

publicidade

O caso, que foi destaque de todos os noticiários, ocorreu em 2001. “Aprendi tanto [com o sequestro], para mim é assim: a Patrícia antes e depois do sequestro […] Foi um marco, um divisor de águas. E é engraçado, foi um encontro que eu tive com Deus, com uma fé, com um relacionamento com Deus que eu não sabia que tinha, que eu só ouvia falar”, iniciou.

Patrícia Abravanel, então, relatou que meses antes de ter sido sequestrada sonhou com algo bem revelador, que, para ela, foi quase como um “sinal” do que aconteceria dias depois. A apresentadora relatou ter sonhado que nadava em uma gaiola cheia de tubarões, mas que nada acontecia com ela.

publicidade

Veja Também

Por coincidência, os sequestradores que a pegaram na mansão da família Abravanel se identificavam como tubarão um e dois.

Na época tinha 21 anos, Patrícia lembrou que, naquele momento, se recordou do sonho: “Deus tava comigo […] Me veio aquela certeza. Deus tá presente, está comigo, está aqui. Ele me deu um autocontrole, uma segurança, eu fiquei convicta que nada ia acontecer”.

publicidade

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

Patrícia Abravanel detalhe fim do Vem Pra Cá e manda a real

Patrícia revelou a decisão pelo fim do Vem Pra Cá, no SBT, foi do próprio pai. A famosa explicou que Silvio Santos não gosta do formato.

publicidade

A apresentadora ressaltou que não sabe quando voltará a ter um programa próprio e lembrou do fim do matinal. “O meu pai não amou muito o Vem Pra Cá, por isso ele tirou”, disparou a herdeira do SBT em entrevista para Carlos Alberto de Nóbrega, no podcast O Pod É Nosso.

“Ele fala que é o formato ‘bate-bolo’, um formato feminino, e ele não ama, por mais que seja bom comercialmente, não caiu nas graças do meu pai”, acrescentou Patrícia.

A famosa ainda explicou sobre um possível novo formato: “Eu não sei o que virá. Eu sei que tô ali hoje, no Roda a Roda, quando eu preciso ler ficha pro meu pai, eu leio. Um dia de cada vez, eu não tenho pressa, não”.

publicidade

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Luiz Fábio AlmeidaLuiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email luizfabio@rd1.com.br