“Pensei estar com depressão pós-parto”, revela Bianca Andrade

Bianca Andrade
Bianca Andrade falou do período após a chegada de Cris (Imagem: Reprodução / Instagram)

Quem vê Bianca Andrade toda feliz com a chegada de Cris, fruto do relacionamento com Fred, nem imagina que ela enfrentou dias complicados após o nascimento do primeiro filho. Em entrevista à Marie Claire, a influenciadora digital revelou:

“O puerpério é um assunto que deveria ser muito mais falado e é importante alertar as mulheres em relação a essa fase. Nós sempre falamos muito do parto, da gravidez em si, mas o puerpério é algo pouco explorado e estou levantando cada vez mais essa bandeira. O meu não foi nada fácil. Para passar por tudo, tive ajuda da minha obstetra, principalmente em questões sobre saúde mental. Cheguei até mesmo a pensar que estava com depressão pós-parto, mas o nome do que eu tive era baby blues, um sentimento que as mulheres geralmente têm no puerpério”.

Foi difícil, mas passou. Sempre passa. E é isso que eu queria falar para outras mulheres: é uma fase de adaptação sua com o seu bebê, mas passa, e a parte boa chega logo em seguida“, contou. A empresária explicou também como ficou sua autoestima durante e após a chegada do herdeiro.

Foi uma montanha russa, cheio de altos e baixos. Em alguns dias, eu ficava insegura e triste por conta de todas as mudanças do meu corpo, tive muitas estrias e espinhas. Mas, ao mesmo tempo, eu tentava me acalmar, me entender e pensar por outro lado. Eu era a casinha do meu bebê e era uma mulher incrível por isso, então buscava não me importar muito com a parte estética. É claro que é difícil, o meu rosto é a minha tela de trabalho, então ter muita acne me deixou um pouco triste, mas todos os dias eu me aconselhava. Essas mudanças eram consequência do maior presente da minha vida“, confessou.

Bianca comentou ainda sobre o processo de se reencontrar após a chegada de Cris. “Eu achei bem mais difícil do que eu pensava que seria, ainda mais eu que sempre fui muito pra frente e desenrolada. Eu achava que o bebê nasceria e eu já voltaria imediatamente a me sentir a Bianca 100% de novo. Durante a gravidez, eu me senti muito a Bianca mãe, e não conseguia me desconectar disso“, disse, completando:

“Desse jeito, a Bianca mulher ficou de lado. E quando o bebê nasceu, parece que eu me senti a Bianca mãe cinco vezes mais. Nem ligava muito para mim, quase não me olhava no espelho. Aquela fase do puerpério mesmo. O momento que eu comecei a ter para mim foi durante os meus treinos, mas isso veio bem depois. Foi um pouquinho difícil tudo isso, eu me questionava demais sobre muitas coisas: se eu voltaria a ser a Bianca de antes. Às mamães que estão se sentindo assim, vocês não estão sozinhas”.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›