Personagem de Branca Messina em Gênesis discutirá poligamia

Gênesis
Personagem de Branca Messina em Gênesis, Amat discutirá poligamia (Imagem: Edu Moraes / Record)

Forte e confiante, Amat, vivida por Branca Messina, será uma mulher que vai enfrentar desafios na união com o destemido Terá (Ângelo Paes Leme) na nova superprodução da Record, Gênesis.

Estreante em novelas, a atriz falou sobre a personalidade de Amat e não poupou elogios ao senso de coletividade da personagem.

Amat é uma mulher banhada na confiança, que transborda empatia e não desiste de doar o melhor de si, mesmo diante das dores mais profundas, além de cuidar de tudo e de todos que estão ao seu redor, não num lugar submisso, mas na certeza de que são uma rede“, destacou Branca.

Apaixonada por Terá, um homem ambicioso e poligâmico, a personagem vai encarar desafios para conviver com outras mulheres. “Após o luto e a dor de ver o marido em outras relações, ela entende que as mulheres não são responsáveis pela escolha de Terá e decide ter um olhar empático sobre elas“, ressaltou.

Branca contou ainda que o casal vai gerar Abrão e que o filho vai ter os ensinamentos importantes da mãe como inspiração para a vida. “O exemplo é a melhor forma de ensinar, e Amat é a personificação da fé. Com isso, o filho vai herdar a devoção dela e propagar para o mundo“, disse a atriz.

Dividida em sete fases, Gênesis é escrita por Camilo Pellegrini, Raphaela Castro e Stephanie Ribeiro, com direção-geral de Edgard Miranda. A estreia está marcada para 19 de janeiro, a partir das 21h.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›