Pocah cai no choro ao relembrar racismo sofrido pela filha e faz desabafo

Pocah
Pocah chora ao lembrar de racismo sofrido pela filha (Imagem: Reprodução / Globoplay) 

Pocah foi uma das convidadas do Altas Horas deste sábado (29). Durante sua participação, a cantora chorou ao ver a declaração de uma participante do programa falar sobre sua transição capilar. Ao ser questionada por Serginho Groisman sobre o motivo das lágrimas, a funkeira relembrou os ataques sofridos pela filha Vitória, de 5 anos, quando ela estava no BBB 2021.

“A Vitória tem cabelos lindos, acho minha filha perfeita e não é porque é minha filha, não. Linda e maravilhosa. Uma das piores coisas que encontrei aqui fora foi saber que a minha filha foi vítima de racismo“, disse a ex-BBB, chorando.

Pocah contou ainda que está fazendo de tudo para que a pequena não fique sabendo dos ataques. “Nenhuma mãe está pronta para ver um filho passar por isso. Ninguém está pronto para viver isso. Ninguém está pronto para ser machucado, para sofrer preconceito, racismo”, disse a ex-sister, que complementou dizendo:

“É um crime e todas essas pessoas que fizeram isso com uma criança de 5 anos devem pagar por isso, pelo dano que estão causando na minha família”.

Segundo a artista, ela está buscando forças para lutar contra o que aconteceu. “Foram palavras muito cruéis, pesadas. Não sei como essas pessoas conseguem dormir. (…) Estou disposta a lutar contra, sempre fiz parte e achei necessário usar a minha voz, visibilidade para lutar contra o racismo. Agora tenho um motivo muito maior que pretendo seguir“, declarou.

Na época do ocorrido, o perfil de Pocah chegou a expor as declarações feitas por alguns internautas. As ofensas cruéis teriam sido feitas por fãs de Juliette, após um desentendimento entre as duas.

“Conseguiu ler tudo? Se você conseguiu ler a tudo isso sem chegar ao final com o estômago embrulhado e até certa vergonha de ser humano, pare aqui! Esse texto não é para você. É louco pensar que essas mensagens, direcionadas a uma criança de 5 anos, são motivadas exclusivamente porque a mãe dela resolveu… votar em um jogo de votação, né? O que está acontecendo no mundo? O que está acontecendo com as pessoas? Racismo! Crime! Um crime sendo cometido sob os nossos olhos por contrariar os gostos de um público de reality show“, iniciou o post.

No texto, o representante da artista afirmou que iria tomar as medidas legais contra o crime cometido contra a criança. “Desumano! Imoral! Independente de torcida X ou Y, de emoji, ou o que quer que seja. O que está em jogo aqui é o conteúdo cerimonial das mensagens. E as medidas legais serão tomadas! É revoltante. Quando recebi os prints, minha primeira reação foi vomitar. Vomitei como se meu corpo estivesse tentando jogar a experiência de ter lido isso para fora. Precisamos repensar o que é ser gente! Porque lendo a isso, eu mesmo me questiono: somos todos gente? Somos realmente da mesma espécie? Eu custo a acreditar“, concluiu a publicação.

Elson BarbosaElson Barbosa
Jornalista, encantado pelo entretenimento e pela possibilidade de contar e conhecer várias histórias ao mesmo tempo. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @ellsonbarbosa
Veja mais ›