Polêmico policial da TV manauara, Canal Livre ganha versão para a internet

Canal Livre
Apresentado por Willace Souza, filho de Wallace Souza, acusado de matar por audiência, Canal Livre retornou no YouTube (Imagem: Reprodução / YouTube)

O programa Canal Livre, que ganhou notoriedade pelo escândalo que incluía arquitetar mortes para exibir os crimes em primeira mão na televisão, caso que chegou a se tornar tema da série documental Bandidos da TV, da Netflix, ganhou uma nova versão para o YouTube, lançada no último dia 15.

O projeto é de responsabilidade de Willace Souza, filho caçula de Wallace Souza, acusado de ser o mandante dos crimes que eram exibidos em sua atração policial. 

A proposta é que a “alma” do programa original se mantenha neste novo formato, marcado por trazer, além dos casos policiais, atrações populares e personagens de humor, sempre presentes no palco. 

O sucesso do Canal Livre fez Wallace entrar para a política, tornando-se o político que venceu por mais votos na história do Brasil, até então. A partir daí, começaram a surgir denúncias de que ele teria envolvimento com o crime organizado e seria o mandante dos homicídios mostrados na TV. O apresentador morreu em 2010, vítima de um câncer.

WordPress Lightbox