FOX Sports tem climão com briga ao vivo por causa do Vasco; veja vídeo
Alexandre Campello e Julio Brant tiveram bate boca ao vivo em programa (Imagem: Reprodução / FOX Sports)

A situação do Vasco no Campeonato Brasileiro é complicada. Lutando para evitar o quarto rebaixamento de sua história, o time tem, para completar, um caso político tenso. Durante o “Jogo Sagrado”, do FOX Sports, o candidato à presidência derrotado na última eleição, Julio Brant, pediu direito de resposta após ser citado por Alexandre Campello, presidente do clube e convidado da atração.

Por telefone, Brant fez várias críticas ao mandatário. Ele, por exemplo, voltou ao tema das últimas eleições, e disse que Campello só pensa em política e deixa o futebol de lado. “Me preocupa ver o presidente preocupado com política e não com o futebol. Acumula VP de futebol, fala de política o tempo inteiro, se omite de falar de futebol, fica sempre fugindo para o lado político. Ele é o maior responsável pelo caos que vive o Vasco e bota a culpa em outra pessoa. É no Julio, no conselho, na oposição, no adversário, no juiz. Nunca o culpado é ele”, disse.

“Eu queria fazer uma proposta. O clube que ele descreveu parece que é o Barcelona, o Manchester City. O clube está muito bom. O próximo programa a gente discute o fato ou fake do Campello. A gente prova com dados a verdade. Ele falou que descumpri acordos. Tenho provas que descumpriu foi ele, quem traiu foi ele. É até feio. Eu não falo mais. Passei para trás. Foi tão vergonhoso para a história do Vasco que tem que passar adiante. Foi por isso que batalhamos uma campanha inteira, não para manter o Eurico te manipulando“, acrescentou o ex-candidato.

O cartola, então, disparou contra Brant e afirmou que ele vive falando de política nas redes sociais. “Ele diz que está sepultado, então por que não espera a eleição de 2020? Tenho interesse em gerir o clube. Ele está o tempo todo no Twitter, postando, ficar colocando. Colocou que graças ao Campello vamos ter que torcer pelos outros. Isso não é política. Isso é torcer contra. Eu quero provas. Ele foi para a Europa discutir vinda de Eto’o. Isso é fato ou fake”, disparou o atual mandatário.

“Julio Brant diz que eu me omito, não é o que os jogadores dizem. Eu boto a cara. Eu estou sempre à frente assumindo tudo, na derrota ou vitória. Isso é reconhecido pelos atletas. Tem depoimento dos jogadores. Pelo contrário, não transfiro a culpa para ninguém. Eu assumo tudo. O fato é que ele está sempre torcendo contra. Vasco foi mal, tem postagem. Quem é que faz política. Por que ele não exerce a função dele de conselheiro? É o espera dele, trabalhando pelo Vasco. Vê se meu Twitter tem postagem”, finalizou.

Em tempo, o clube carioca está com 39 pontos e ocupa a 15ª colocação. O Vasco terá pela frente o São Paulo e Palmeiras, ambos em casa, e o Ceará, na última rodada, fora de casa.

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!