Primeiros capítulos de Novo Mundo afundam faixa das 18h

Novo Mundo
Isabelle Drummond (Anna) e Letícia Colin (Leopoldina) em Novo Mundo; edição especial derruba audiência do horário das 18h (Imagem: Reprodução / Globo)

Devido à pandemia de coronavírus, a Globo foi obrigada a paralisar as atividades de seus estúdios. Com isto, a continuidade de Amor de Mãe e Salve-se Quem Puder, bem como a estreia de Nos Tempos do Imperador, foram proteladas. Para cobrir as vagas de tais novelas, a emissora destacou “edições especiais” de Novo Mundo (2017), Totalmente Demais (2015) e Fina Estampa (2011). A novela das 18h, porém, afundou a audiência da faixa.

Dados obtidos na Grande São Paulo mostram que os primeiros seis capítulos de Novo Mundo, de 30 de março a 4 de abril, registraram 18,8 pontos. É o menor resultado do horário desde Meu Pedacinho de Chão (2014), que marcou 17,8. O desempenho preocupa, já que a trama de Alessandro Marson e Thereza Falcão foi escalada para contextualizar o próximo título das 18h, Nos Tempos do Imperador.

O folhetim, também escrito por Alessandro Marson e Thereza Falcão, destaca o reinado de Pedro II (Selton Mello) – filho de Pedro I (Caio Castro) e Leopoldina (Letícia Colin), protagonistas de Novo Mundo. Personagens que marcaram presença na produção agora em reprise vão estar na narrativa inédita, como Germana (Vivianne Pasmanter) e Licurgo (Guilherme Piva).

Já Totalmente Demais, também lançada dia 30, garantiu 26,3 pontos. Menos do que os 27,5 dos seis primeiros capítulos de Salve-se Quem Puder, de 27 a 1° de fevereiro. Acima, porém, da exibição original da trama de Paulo Halm e Rosane Svartman, com 22 de média, entre 9 e 14 de novembro de 2015.

Fina Estampa, que voltou ao ar no último dia 23, cravou 33,8 na semana passada – abaixo dos 34,4 dos primeiros seis capítulos. O folhetim de Aguinaldo Silva consolidou 34,1 nestas duas semanas. Trata-se do mesmo resultado de Avenida Brasil (2012), o melhor da faixa das 21h desde a exibição original de ‘Fina’, com 37,3 de média.

Duh Secco é “telemaníaco” desde criancinha. Em 2014, criou o blog “Vivo no Viva”, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.

WordPress Lightbox