Larissa Manoela
Larissa Manoela processou Fabíola Reipert (Imagem: Reprodução / Instagram)

Fabíola Reipert foi considerada inocente pela Justiça após o processo movido pelos pais de Larissa Manoela em 2016. Eles a acusavam de insinuar que a então atriz mirim, que estava com 14 anos na época, estaria grávida.

O veredito favorável à jornalista foi dado em 2ª instância, após a Justiça considerar que a família da atriz não tem direito à indenização por dano moral na ação. Na época, Fabíola havia insinuado que o filho seria de João Guilherme.

“Larissa Manoela é vista com filho de Leonardo e levanta suspeita de gravidez”, dizia o título da nota, veiculada em dezembro de 2015. Na reportagem, Reipert destacava o fato da adolescente namorar desde bem nova.

“Há rumores nos bastidores de que a menina estaria grávida, devido a uma barriguinha saliente, mas a atriz nega a informação, inclusive não confirma que esteja namorando”, dizia o texto, destacando que Larissa “começou a namorar bem cedo”.

A matéria foi retirada do ar e o jurídico da atriz alegou: “Nota-se a nítida intenção em atingir a imagem da Requerente, seja por divulgar notícia absolutamente falsa, seja por insinuar que a mesma, aos 14 anos, teria vida sexual ativa”.

A famosa, representada pelos pais, exigia R$ 200 mil por danos morais. Na 1ª instância, a vitória foi de Larissa Manoela, e Fabíola Reipert deveria pagar uma multa de R$ 30 mil, alegando “sentimentos de humilhação e vergonha” experimentados pela atriz.

Fabíola Reipert recorreu e negou que o objetivo da matéria seria prejudicar alguém, destacando o “pleno exercício das liberdades de manifestação de pensamento e de informação”. Foi aí que veio a decisão de 2º grau, com a inocência da jornalista.

“[Larissa] deverá se despir do seu excesso de sensibilidade, e compreender que a divulgação de informações e críticas a seu respeito, são meros consectários da profissão escolhida e da posição conquistada”, afirma a decisão em 2ª instância.

“Não houve abuso no exercício da liberdade de expressão e de pensamento da apelante. Tratou-se de mero comentário sem qualquer relevância, no qual ainda se fez consignar que a atriz teria desmentido a informação transmitida”, diz ainda a sentença.

Para completar, a família de Larissa Manoela deverá arcar com as custas processuais, com 10% do valor da ação (R$ 20 mil), segundo informações do UOL. Larissa Manoela recorreu da decisão.

🔵Boletim RD1 💥 Notícias dos Famosos

Você está ficando de fora...

Não perca nada!

Saiba tudo o que está em alta no Instagram dos Famosos.

SIGA AGORA