Programa do Ratinho derruba audiência do SBT

Programa do Ratinho
Programa do Ratinho da última sexta-feira (2) amargou baixa audiência; atração do SBT padeceu com reprises, politicagem e A Fazenda 2020 (Imagem: Reprodução / SBT)

Após meses de baixa, devido às reprises motivadas pelas férias de início de ano e a pandemia de coronavírus – bem como inéditos voltados à abordagem positiva do governo Jair Bolsonaro –, o Programa do Ratinho caiu de vez com a estreia de A Fazenda 2020. Na última sexta-feira (2), a atração de Carlos Massa amargou um dos piores índices de audiência do SBT ao longo do dia, conforme dados da Grande São Paulo.

Foram apenas 4,6 pontos para o Programa do Ratinho; enquanto isso, a concorrente Record emplacava dois dígitos com o reality rural a cargo de Marcos Mion. O formato ficou abaixo de produções exibidas em horários “menos nobre”, como Bom Dia & Cia (5,7), O Que a Vida me Roubou (5,8), Quando me Apaixono (6,9) e SBT Brasil de Marcelo Torres e Márcia Dantas (5,1).

Outras produções asseguraram a vice-liderança, mesmo com números inferiores ao de Ratinho. Casos do Primeiro Impacto com Dudu Camargo e Darlisson Dutra – 3,9 contra 3,7 da Record – e do Triturando, de Ana Paula Renault, Chris Flores, Flor Fernandez e Gabriel Cartolano – 4,4 versus 4,1. O Casos de Família com Christina Rocha rendeu 4,7 pontos frente 3,7 da terceira colocada.

Roda a Roda Jequiti, Cupom Premiado do Baú e Chiquititas (2013) garantiram as maiores audiências de sexta: 7,5 para o game-show capitaneado por Rebeca Abravanel, 7,9 com o programete dos negócios de Silvio Santos e 7 da novela assinada por Íris Abravanel. Cúmplices de um Resgate (2015) fechou com apenas 5,9 de média.

A Tela de Sucessos atingiu 5,6 pontos com o filme Férias Frustradas (1983). Na madrugada de sábado (3), 4,4 para o The Noite com Danilo Gentili, 2,9 do Operação Mesquita, 2,4 com a reprise do Roda a Roda, 2,2 para a reexibição do Triturando, 2,3 do SBT Brasil em horário alternativo e 2,2 com a série Longmire – O Xerife.

CONTINUE LENDO →

Duh Secco é “telemaníaco” desde criancinha. Em 2014, criou o blog “Vivo no Viva”, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com