Público fica do lado da Igreja Universal após Andressa Urach apoiar Bolsonaro: “Nunca errou”

Andressa Urach acusou a igreja do bispo Edir Macedo (Imagem: Reprodução / Instagram)

Andressa Urach voltou a causar polêmica de forma negativa nas redes sociais, ao tentar comprar briga com a cantora Anitta, sem sucesso, em defesa do presidente Jair Bolsonaro, mas ela acabou sendo detonada.

Para completar, o público, que estava do seu lado desde que ela se voltou contra a Igreja Universal, resolveu mudar de lado e dizer que a loira mereceu ter perdido toda a fortuna que doou para a instituição.

Em sua publicação gratuita, Andressa chamou Anitta para a briga e disparou:

“Vamos dar um biscoito para ela, que precisa falar mal do presidente para voltar para a mídia. Não sabe nem o que é voto auditável. Vai rebolar o bumbum que disso você entende, para que está feio”.

Anitta nem ficou sabendo da existência da publicação, mas os internautas saíram em sua defesa. “Andressa Urach mereceu perder o dinheiro dela pra universal”, disparou uma pessoa.

“Edir Macedo ícone, sabia o que estava fazendo o tempo inteiro”, comentou outra. “Esse foi o desvio de dinheiro mais bem desviado que eu já vi. Tem meu total apoio”, garantiu mais uma.

Dessa forma, Andressa Urach acabou enterrando quaisquer chances de parceria com o público jovem da internet, que é quem dita as regras no mercado midiático e publicitário atualmente.

Como também deixou a igreja, a ex-vice Miss Bumbum voltou para uma posição avulsa no mercado, jogando abaixo toda a narrativa que havia construído para valorizar o seu passe.

Quando deixou a Igreja Universal, a modelo acusou: “Eu fui ao fundo do poço por causa da fogueira santa. Tudo bem o dízimo, maravilhoso para a obra de Deus crescer, mas a fogueira santa?”.

“Você tirar os pés do chão (…) quase me levou para o inferno. Eu dei tudo para Deus. (…) Eu fui orientada para ir para a política e eu disse que não estava preparada porque não queria me perder, não me achava madura o suficiente espiritualmente falando”, contou a loira.

Recordando o que viveu nos anos que esteve por lá, Andressa relatou:

E mais uma vez eu estaria desobedecendo e colheria os frutos da desobediência. O que aconteceu? Fui expulsa de grupos, bastante humilhada. Fui tratada como um demônio (…) sem ter dado motivos. Eu não tinha cometido pecado algum, vivia em obediência, em sacrifício”.

“Tinha doado todo o meu salário na fogueira santa. Fiquei devendo no cartão de crédito porque não tinha dinheiro para pagar minhas contas. Doei todos os meus carros, todo o meu patrimônio. Só sobrou minha casa, que por pouco eu não doei”, revelou.

“Eu estava nas aulas de missionária, até que uma pessoa me disse que eu era mais útil fora da igreja do que dentro. Eu sou um objeto? Porque sou mais útil na política do que falando de Jesus? O homem pode definir o meu chamado?”, questionou a influenciadora digital.

Na sequência, Andressa Urach ainda falou sobre sua demissão da Record.

“Eu sabia ser apresentadora de TV ou… Não consigo nem falar porque me dói… Eu pedi ajuda, eu implorei para receber uma parte do meu dinheiro de volta… Para eu poder abrir um negócio, porque eu não tinha como sustentar meu filho. (…) Eu ia fazer o que? Voltar para a prostituição? E minha alma? E quem estava caindo comigo? Com a minha queda? Porque se converteram através do meu testemunho? O que vocês queriam? Que eu fosse exemplo de desobediência?“.

Aos prantos, a loira, que deixou a igreja no ano passado, disparou: “Disseram que não iam devolver minhas doações para não abrir precedentes para outras pessoas pedirem de volta as doações. (…) Mas tudo bem a minha alma ir para o inferno, né? Tudo bem voltar para o puteiro. Mas Jesus teve misericórdia de mim”.

Confira:

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›