Rafa Kalimann choca ao expor ameaça de morte que recebeu

rafa kalimann
Rafa Kalimann choca ao expor ameaça de morte que recebeu (Imagem: Reprodução / Globoplay)

Alvo constante de ataques na internet, Rafa Kalimann revelou nesta semana que sofreu uma ameaça de morte por parte de um hater.

Em entrevista ao podcast PodDelas, a ex-BBB contou que tudo aconteceu após ela ter compartilhado nos Stories um vídeo em que um pastor falava sobre casamento gay.

“E tenho muita responsabilidade. Imagina? 20 milhões de pessoas. E eu feri. Eu machuquei. Eu reconheci isso imediatamente. Eu compartilhei o vídeo de um pastor que falava de casamento gay. E minha visão do vídeo foi diferente do que de fato o vídeo é. É a primeira vez que falo disso”, iniciou, relembrando a polêmica.

“É difícil falar. Eu compartilhei com a intenção de mostrar quem usa da palavra para desrespeitar. As pessoas começam a te exigir tanto, que você saiba de tantas coisas, e eu não sei tudo. Eu compartilhei esse vídeo sem saber que mensagem ele tem. De fato, eu machuquei muita gente. Eu reconheço isso”, prosseguiu.

“Eu fiquei muito triste porque na hora o meu desespero foi ter ferido as pessoas que eu amo. Foi muito ruim viver aquilo. Mas aprendi que tenho que estar muito mais atenta justamente para não correr esse risco. Foi muito pesado. Eu fui ameaçada de morte quando isso aconteceu”, disse em seguida.

Para quem está por fora do assunto, Rafa, há alguns meses, compartilhou uma filmagem na qual um pastor se dizia contra ao casamento gay com a seguinte frase:

Não, eu não sou a favor do relacionamento [entre pessoas do mesmo sexo]. Mas eu respeito. Eu vivi com um cara que era meu irmão, e ele era gay. Ele tinha uma situação [financeira] melhor que a minha. Eu usava o tênis dele, as roupas dele. Eu não tenho problema nenhum. Eu tenho valores, não vou abrir mão deles. Se você me perguntar se eu acho certo, eu não acho. Mas isso não nos torna inimigos”.

Devido sua atitude de compactuar com a fala do religioso, a blogueira foi massacrada na web e acusada de ser homofófica.

Como fazer as pessoas pararem de tratar mal os LGBTs? Reproduzindo e compartilhando o vídeo de um pastor LGBTfobico? Nossa, brilhante ideia Rafa Kalimann; obrigada por seu posicionamento contraditório”, disse uma pessoa.

É isso mesmo que você leu, Rafa Kalimann se mostraou contra o casamento gay por não achar certo”, disparou outro twitteiro. “Segundo a Rafa eu tenho que respeitar quem é contra a minha existência e a minha forma de amar”, observou outra pessoa.

Álvaro Penerotti
Álvaro Penerotti sempre foi bastante engajado a tudo que envolve o mundo da TV e Famosos. Com intensa vivência na área de jornalismo e mídias sociais, já trabalhou em rádio e também em importantes veículos de comunicação na web. Pode ser encontrado nas redes sociais através do @AlvaroPenerotti.
Veja mais ›