Raissa Barbosa é lembrada após tema da redação do ENEM ser divulgado

Raissa Barbosa
Raissa Barbosa é lembrada após tema da redação do ENEM ser divulgado (Imagem: Reprodução / Instagram)

Raissa Barbosa foi alçada de vez à fama depois de participar de A Fazenda 2020, trazendo à tona a discussão sobre a Síndrome de Borderline, ao expor seus dilemas ao vivo. A redação do ENEM falou justamente sobre o estigma das doenças mentais na sociedade e a ex-peoa foi lembrada.

O nome da vice-miss bumbum foi parar na lista de assuntos mais comentados do Twitter, com inúmeras pessoas contando que lembraram da famosa ao fazer a dissertação. “Meu pai disse que reality show não ia me levar a lugar nenhum. Eis que eu uso a Raissa da Fazenda na redação do ENEM“, declarou uma jovem na rede social.

Outra pessoa se deu conta da repercussão e disparou: “Gente, é surreal o tanto de pessoas que citaram a Raíssa na redação do ENEM. Que legal isso“. Uma terceira internauta brincou com a novidade: “Eu super orgulhosa da minha vida de fofoqueira e alienada de reality, citando a Raissa na redação do Enem“.

Raissa Barbosa comentou a repercussão do seu nome nesse domingo (17) na rede social e comemorou o tema: “Gente, eu to nos assuntos do momento! Sem tag, do nada… Meu Deus , to muito feliz de saber que o tema de redação do Enem está relacionado as doenças mentais e mais feliz ainda de ter contribuído pra que as pessoas colocassem isso em pauta“.

Me lembro que eu tinha vergonha de que as pessoas soubessem do meu transtorno, do quanto eu quis esconder lá dentro do programa por medo de ser julgada. Hoje virando tema da redação do ENEM, vejo o quanto é importante falarmos, sim, para que as pessoas venham se conscientizar e aprender mais sobre e ver que doenças psicológicas não são frescura“, finalizou a ex-participante de A Fazenda.

Confira:

Matheus Henrique MenezesMatheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›