Record transforma 4 capítulos de Gênesis em 10 e deve arrastar novela até dezembro

Gênesis
Igor Rickli (Lúcifer) em Gênesis (Imagem: Reprodução / Record)

A novela Gênesis está no ar desde o mês de janeiro deste ano, mas pretende se estender até dezembro, contando as histórias do primeiro livro da Bíblia de forma estendida.

Segundo o Notícias da TV, a trama está sendo arrastada ao máximo nas histórias de maior interesse do público, como é o caso de Jacó e de José do Egito, que ainda não estreou.

Como não leva ao ar episódios inéditos aos sábados, ela acaba economizando as narrativas, e a história de José já conta com 44 episódios prontos para dois meses de exibição.

Os autores Camilo Pellegrini, Stephanie Ribeiro e Raphaela Castro precisaram desenvolver um roteiro que foi dividido em 150 partes, com possibilidade de esticar ainda mais.

Ao todo, a novela deverá contar com mais de 205 capítulos. A história de Jacó também contou com essa artimanha, na qual quatro capítulos foram transformados em dez.

Nesse caso, sequências como o encontro de Jacó (Miguel Coelho) com Jesus foram ao ar de forma menos intensa, com lentidão, para durar mais tempo do que o previsto.

Nas redes sociais, o público não tem aprovado a decisão pelo fato do folhetim ter ficado lento, mas os resultados têm sido positivos, com índices de audiência dentro do esperado.

Nos próximos capítulos de Gênesis, o ator Igor Cotrim vai entrar na história, depois de 13 anos afastado da telinha. O ator dará vida a Simeão, um dos 11 filhos de Jacó/Israel (Petrônio Gontijo).

Seu último trabalho na função foi em Chamas da Vida (2008), também na emissora de Edir Macedo, quando viveu o vilão Jairo.

O personagem será responsável por maldades arquitetadas para afetar seu irmão, José (Juliano Laham), incluindo um plano cruel para vender o parente a um mercado de escravos egípcio.

Com isso, o protagonista vai se distanciar da família e Jacó/Israel sairá em busca do paradeiro do filho durante a sétima fase da narrativa.

Os autores Camilo Pellegrini, Raphaela Castro e Stephanie Ribeiro prometem muita emoção com a narração desta parte da história bíblica. Raphaela, inclusive, assegurou que a trama mostrará elementos contemporâneos.

Os conflitos de José podem estar descritos nos tempos bíblicos, mas sem sombra de dúvida, é um espelho dos que muitos vivenciam nos dias atuais“.

Cotrim, por sua vez, também se mostra animado para o seu novo momento na carreira.

Nas redes sociais, ele já dividiu alguns detalhes dos bastidores da novela, com registros do seu figurino e ao lado de colegas de elenco, como Thiago Rodrigues.

Gênesis marca uma nova era da teledramaturgia por promover um modelo de criação inédito na TV brasileira.

Dividida em sete fases independentes e com um elenco de mais de 250 atores, a trama marca a continuidade modernizada do investimento no segmento religioso, marca registrada da Record, desde 2010, com A História de Ester.

Para as sete etapas, foram erguidos mais de 65 cenários, com tonalidades diferentes para ambientar o público, além de oito cidades cenográficas.

Como as gravações foram iniciadas antes da pandemia do novo coronavírus, há cenas feitas no Sul do país, em Minas Gerais e também no Marrocos (para onde foram levadas 100 malas de roupas e equipamentos).

As gravações foram suspensas pela Covid por sete meses e ao serem retomadas passaram a seguir um protocolo de segurança, mantido até a atualidade.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›