RedeTV! leva investida da Band e acentua crise nos bastidores

RedeTV!
Band contrata funcionário da RedeTV! para 2022 (Imagem: Reprodução / RedeTV!)

A RedeTV! perdeu um dos seus grandes nomes do meio artístico para a Band. A novidade nada agradável para os empresários Amilcare Dallevo e Marcelo de Carvalho comprometeu ainda mais a situação do canal com sede em Osasco, na região metropolitana de São Paulo.

Kaká Marques, um dos nomes fortes do Artístico da RedeTV!, apesar de atuar como diretor de produção, está de saída do canal quinto colocado de audiência no ranking da TV aberta e migrando para a Band para uma função específica na área de produção. A informação é do jornalista Flávio Ricco, do R7.

A TV paulista foi uma das mais atingidas pela crise econômica vivida pelo país mesmo com a ajuda do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Recentemente, o canal enfrentou uma greve de funcionários e provocou a revolta de Marcelo de Carvalho, que detonou:

“Lamentável herança de Getúlio Vargas, punhado de sindicalistas dizendo representar nossos milhares de funcionários declara estado de greve. Como todos sabem, emissoras demitiram até artistas ícones nacionais na pandemia. Ao contrário, a RedeTV não demitiu ninguém, contratou”.

“Seguiremos produzindo, e provendo segurança para a imensa maioria dos colaboradores que seguem trabalhando, produzindo conteúdo, informação, entretenimento”, declarou.

A greve foi decidida em assembleia realizada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Radiodifusão e Televisão no Estado de São Paulo. Na época, a associação informou que os profissionais estavam insatisfeitos com os baixos salários oferecidos pela empresa:

“Os Radialistas da RedeTV! amargam salários sem reajustes há mais de quatro anos, inclusive em cláusulas econômicas contidas na Convenção Coletiva da Categoria. Sem interesse da direção da RedeTV! em negociar, só restou os trabalhadores decretarem greve. As perdas salariais dos trabalhadores são de 18,72%, se considerar o retroativo chega a 354%”.

O Sertesp ainda salientou sobre o salário defasado pago pelo canal: “A emissora paga o pior salário do mercado aqui em São Paulo”. Uma proposta salarial chegou a ser oferecida. O canal sugeriu um aumento de 3,8% para todos os contratos, mas a ideia não foi acatada pelos profissionais.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›