Regina Duarte deixa secretaria de Cultura de Bolsonaro e ganha novo cargo

Regina Duarte
Regina Duarte deixou o cargo de Secretária de Cultura (Imagem: Reprodução / Globo)

Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou nesta quarta-feira (20) a saída de Regina Duarte do cargo de secretária especial de Cultura. Em rede social, o presidente da República declarou que a artista assumirá a Cinemateca Brasileira, em São Paulo.

“Regina Duarte relatou que sente falta de sua família, mas para que ela possa continuar contribuindo com o Governo e a Cultura Brasileira assumirá, em alguns dias, a Cinemateca em SP”, comentou o político.

“Nos próximos dias, durante a transição, será mostrado o trabalho já realizado nos últimos 60 dias”, destacou Bolsonaro ainda na publicação.

Já a artista definiu a mudança como um “presente”. “Acabo de ganhar um presente, que é o sonho de qualquer profissional de comunicação, de audiovisual, de cinema e de teatro, um convite para fazer cinemateca que é um braço da cultura em São Paulo”, afirmou ela em vídeo.

“Ficar secretariando o governo na cultura dentro da cinemateca. Pode ter presente maior do que isso?”, acrescentou Duarte, que assumiu a Secretaria de Cultura em 4 de março, com a missão de “pacificar” o embate entre a classe artística e a indústria da cultura com o governo federal.

A Cinemateca Brasileira é a instituição responsável pela preservação da produção audiovisual brasileira e é vinculada à Secretaria da Cultura.

Confira:

Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e responsável pela coluna “Do Fundo do Baú”, publicada às quintas-feiras no RD1, com conteúdos marcantes da história da TV brasileira. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email luizfabio@rd1audiencia.com

WordPress Lightbox