Regina Duarte desabafa, recorda histórias e lamenta a morte de Nicette Bruno

Regina Duarte
Regina Duarte desabafa sobre a morte de Nicette Bruno (Imagem: Reprodução – Globo / Montagem – RD1)

Regina Duarte se emocionou em um texto em homenagem à Nicette Bruno, que morreu no último domingo (20), aos 87 ano, vítima de complicações da Covid-19. Ela estava internada desde o dia 29 de novembro em um hospital do Rio de Janeiro. “Deus te quis junto dele”, desabafou a ex-global.

Assim como grande parte do país, Regina rezou e mandou pensamentos positivos para a recuperação de Nicette. “Que dia triste, Nicette! Eu achava que você ia se recuperar e te perdi. Perdeu o Brasil, perdemos todos”, lamentou.

A ex-secretária de Cultura citou a espiritualidade da amiga como uma espécie de conforto. “Para me confortar fica a espiritualidade da Nicette, a lembrança dos tempos que passamos juntas, em cena, nos camarins e também na vida privada, particular, com Paulo, com a querida família toda, no amor. Meus sentimentos a todos, filhos, netos, amigos”, desejou.

Triste com a partida da parceira de estúdio e de palco, Regina destacou que “o jeito de ser da Nicette” sempre a deixou impressionada. “Me contagiou com a paixão que tinha por sua missão não só como atriz, mas como mulher, mãe, avó, ser social”, enalteceu.

“Foi sempre aberta para alegria e para aceitação do que desse e viesse, era um ser humano iluminado, superior, exemplar. Ela me fez crescer evoluir, com sua contagiante generosidade e amor à vida. Descansa em paz, amiga”, concluiu.

Confira:

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›